Cerca de 74% das empresas no Brasil devem adotar home office após a pandemia
Créditos: Pixabay

Cerca de 74% das empresas no Brasil devem adotar home office após a pandemia

Executivos enxergam mais vantagens do que desvantagens, indica pesquisa realizada pela Chusman & Wakefield

Uma pesquisa realizada pela Cushman & Wakefield aponta que cerca de 85% dos executivos no Brasil enxergam mais vantagens do que desvantagens no trabalho remoto. Além disso, 73,8% das empresas pretendem adotar o sistema home office de algum forma após a pandemia.

A pesquisa foi realizada com 122 executivos de multinacionais que atuam aqui e mostra que a experiência do trabalho remoto é totalmente positiva para 25,4% dos entrevistados. O número daqueles que reconhecem pontos negativos e positivos é de 59%.

O levantamento também aponta que cerca de 42,6% das empresas nunca tinham adotado qualquer prática de home office antes do isolamento social, 23,8% das empresas também estavam com esse tipo de trabalho em análise. Mas, apesar de os números aparecerem em crescente, há quem acredite que só há pontos negativos nesta mudança, 2,5% dos executivos disseram que esta é uma experiência totalmente negativa. Um outro grupo, formado por 13,1% dos entrevistados, acredita que há mais pontos negativos do que positivos.

Máscara auto-desinfetante contra Coronavírus
funciona com carregador de celular

Um dos resultados diretos de ter colaboradores trabalhando em casa está no espaço físico ocupado pela empresa, 29,5% dos executivos disseram que devem mudar para um local menor devido ao sucesso do home office. Com uma teórica redução de gastos nesta prática, 15,6% disseram que ocorrerá tal diminuição, mas por questões financeiras e desdobramentos da pandemia do novo coronavírus.

Dos envolvidos na pesquisa, somente 19,7% afirmaram com certeza que o tamanho do escritório continuará o mesmo, 35,2% está em dúvida e os demais pretendem alterar o espaço entre 10 e 30%.

Entre as empresas gigantes de tecnologia, Facebook, Apple, Google e outras anunciaram o trabalho remoto rapidamente. A pandemia também afetou as ferramentas de trabalho, aumentando a procura por aplicativos de videoconferência como o Zoom, que comemora seus 2 trilhões de minutos em chamadas de vídeo.

Via: Exame
User img

Neri Neto

O universo geek faz parte do dia a dia, da vida, deste jornalista. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neri Neto é responsável por conteúdos diversos no Mundo Conectado. Ele adora tecnologia, cinema, games e descobriu ainda na infância que a linguagem dos vídeos seria perfeita para falar de tudo que ama. Neri também fala bastante em terceira pessoa, gosta de descontrair e está sempre nas redes sociais.

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.