Psicólogo explica o motivo das pessoas se sentirem doentes com a presença do 5G
Créditos: Alisson, PR7GA

Psicólogo explica o motivo das pessoas se sentirem doentes com a presença do 5G

Muitas pessoas militam contra o 5G por afirmar que a tecnologia faz mal a saúde

Leitura Rápida

  • O professor de psicologia da saúde, Omer Van den Bergh, explica o motivo das pessoas se sentirem doentes depois da instalação da 5G
  • Ele diz que é normal que com novas tecnologias as pessoas tenham novos medos
  • Assim, o cérebro humano começa a projetar e interligar relações, que não tenham uma relação propriamente dita
  • Isso explica o motivo de tantas pessoas acreditarem que algumas novidades tecnológicas causem malefícios a sua saúde

Com a introdução de novas tecnologias, muitas que a maioria das pessoas não entende o funcionamento, começam a gerar novos medos. Com o início da distribuição da 5G ao redor do mundo, muitos ativistas começaram a justificar sintomas, repentinamente aparecido, com a instalação de torres da banda. O site Engadget, divulgou uma entrevista com Omer Van den Bergh, professor titular de psicologia da saúde da Universidade de Leuven, na Bélgica, que explica o aparecimento desses sintomas.

Há muitos meses, ativistas contra o 5G começaram a agir em diferentes partes do mundo. Inclusive no Brasil, um deputado se manifestou abertamente, sugerindo um Projeto de Lei para barrar a 5G. Ele afirma que "onde a 5G for instalada, acabou a saúde". A maioria dessas informações não tem validação científica séria. Portanto, a maior parte das informações não são baseadas em fatos, consideradas falsas.

24/07/2019 às 20:01
Artigo

5G faz mal à saúde? Conversamos com o deputado que quer proib...

Veja como a desinformação pode até virar lei; Qualcomm e ACATE comentam o caso

De qualquer maneira, pessoas ao redor do mundo relatam danos a sua saúde quando as torres começaram a ser instaladas, que não conseguem ser identificadas ou tratadas pelos médicos. O professor Van den Bergh afirma que não é possível dizer que "é coisa da cabeça das pessoas". Isso porque todas as dores são processadas em nosso cérebro, portanto, "tudo é coisa da nossa cabeça". 

O professor afirma que "há um grupo de pessoas que tende a atribuir esses sintomas a causas ambientais, e geralmente são pessoas que têm o que chamamos de preocupações modernas de saúde". Essas preocupações são relacionadas a novidades usadas na tecnologia. A principal delas é a radiação eletromagnética no ambiente. 

Apesar de relacionarmos esses sintomas a produtos modernos, desenvolvidos nesse século, os sintomas causados por mudanças do ambiente acontecem desde a idade média. O professor lembra que quando as primeiras peças de vidro começaram a aparecer, isso causava estranhamento nas pessoas, deixando-as doentes. "As pessoas tendiam a acreditar que se tornariam transparentes", afirma Van den Bergh.

Continua após a publicidade

Como não há apoio científico, muitas vezes os militantes contrários a 5G viram motivo de piada. O professor diz que isso não deve acontecer, até porque essas pessoas estão sofrendo, afirma ele. "Vi pessoas cujas vidas foram destruídas pela doença." Isso porque, além dos sintomas físicos relatados, elas perdem o convívio social, causando problemas em seu trabalho e com membros de sua família. 

Via: Engadget
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O fim do CANAL do RATO BORRACHUDO e o Dilema das Redes Sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.