MediaTek nega ter ajudado Huawei a contornar sanções dos EUA
Créditos: DigiTimes

MediaTek nega ter ajudado Huawei a contornar sanções dos EUA

Empresa classificou as alegações como enganosas e baseadas apenas em especulações

A MediaTek disse nesta terça-feira que não está envolvida em nenhum acordo para ajudar a chinesa Huawei a obter chips da Taiwan Semiconductor Manufacturing Co. (TSMC), o que violaria as sanções dos Estados Unidos.

A Huawei perdeu recentemente seu fornecimento de chips da TSMC depois que o governo dos Estados Unidos impôs novas restrições. Desde então, vários rumores surgiram indicando que a empresa chinesa estava procurando por alternativas, com a MediaTek sendo uma opção viável. 

16/05/2020 às 20:51
Notícia

Governo dos EUA amplia sanções contra a Huawei em meio a guer...

Fabricante agora terá que adquirir mais licenças se quiser usar tecnologia dos EUA

Desmentindo uma notícia publicada na segunda-feira sobre tal acordo, a MediaTek disse que sempre cumpre as regulamentações de comércio internacional e que não servirá como um canal para a Huawei comprar chips da TSMC.

De acordo com uma notícia publicada na edição chinesa do Nihon Keizai Shimbun, a MediaTek supostamente fechou um acordo para fornecer à Huawei chips da TSMC para smartphones, o que é proibido pelas restrições impostas pelos EUA que exigem que empresas não americanas solicitem uma licença para usar tecnologia ou software americano para produzir chips para a Huawei.

A notícia dizia que sob este suposto acordo “por baixo do pano” para contornar as sanções comerciais dos EUA, as compras de chips feitas pela Huawei através da MediaTek deveriam triplicar neste ano. Em resposta, a MediaTek disse que as afirmações são enganosas e baseadas apenas em especulações.

A MediaTek disse que está preparando uma ação judicial contra a agência de notícias japonesa e pediu uma retratação.

MediaTek nega ter ajudado Huawei a contornar sanções dos EUA

De acordo com um relatório recente da IC Insights, a hiSilicon, subsidiária da Huawei, é um grande cliente da TSMC, respondendo por 14% das vendas totais da fabricante de chips em 2019, contra 5% em 2017.

Continua após a publicidade

Embora a MediaTek tenha dito que não comprará chips da TSMC para a Huawei, ela ainda pode se tornar a maior fornecedora de chips para a empresa chinesa. No momento as duas estão aparentemente em negociações relacionadas ao fornecimento de chips 5G da MediaTek. Os chips da família Kirin estão presentes em muitos aparelhos da empresa chinesa, mas isso pode mudar no futuro próximo caso as supostas negociações entre a Huawei e a MediaTek avancem, resultando em mais aparelhos da empresa equipados com chips Dimensity 5G.

Fonte: Gizmochina, Focus Taiwan
User img

Fabio Rosolen

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.