Governo vai divulgar auxílio emergencial através da Alexa
Créditos: Tomsguide.fr

Governo vai divulgar auxílio emergencial através da Alexa

Assistente de voz da Amazon agora pode responder perguntas úteis sobre o auxílio

O Ministério da Economia fechou um acordo com a Amazon para trabalhar na divulgação de informações sobre o auxílio emergencial de R$ 600, direito de autônomos e trabalhadores informais com CPF regular. A divulgação será feita através da Alexa, assistente virtual da Amazon.

A novidade foi compartilhada nesta segunda-feira (18) através do portal do Ministério da Economia e explica que a parceria permite que o dispositivo Alexa forneça as informações necessárias em português baseadas no portal  Gov.Br. O anúncio foi feito através da Secretaria de Governo Digital. Segundo a postagem, agora é possível saber, por exemplo, como tirar as carteiras digitais de trabalho e de trânsito, ou obter informações sobre o auxílio emergencial e sobre prevenção contra o novo coronavírus através da assistente.

Mercado de streaming de músicas teve
um aumento de 32% em 2019, revela relatório

A nota menciona que esta é uma parceria para melhorar a experiência dos cidadãos no acesso a informações sobre serviços públicos digitais no país, o que dá a entender que este contrato pode se estender por mais tempo do que a pandemia. Confira abaixo as perguntas que a Alexa está programada a responder em relação ao Governo Federal e o auxílio emergencial.

Alexa, existe um aplicativo do governo sobre coronavírus?
Alexa, como solicitar a carteira de trabalho?
Alexa, como posso obter a carteira de motorista digital?
Alexa, como solicitar o seguro desemprego?
Alexa, como posso me inscrever no Cadastro Único?
Alexa, como gerar o comprovante da inscrição do Cadastro Único?
Alexa, como posso me inscrever no auxílio do coronavírus?

Recentemente, a Amazon atualizou sua linha Fire HD 8 de tablets com modelos mais rápidos com USB-C, os novo dispositivos são vendidos pelo preço inicial de U$90 e ainda não estão à venda no Brasil

Fonte: Ministério da Economia

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.