Piloto que sobrevoou próximo à aviões nos EUA está sendo investigado
Créditos: CrimeInTheD

Piloto que sobrevoou próximo à aviões nos EUA está sendo investigado

O autor do voo vai ser indiciado pelo FAA, Marinha e autoridades locais

Leitura Rápida

  • Imagens de um drone próximo a aeronaves tripuladas nos EUA começaram a circular na última semana
  • Os órgãos responsáveis dos EUA (FAA, marinha e autoridades locais) estão investigando o autor das imagens para indiciá-lo
  • Sobrevoar perto de aeronaves além de altamente perigoso, é proibido

Na última semana começou a circular um vídeo captado por um drone perigosamente. As imagens mostravam que as aeronaves estavam muito próximas umas das outras. Sobrevoar próximo à aeronaves tripuladas é proibido, devido ao perigo de colisão. O FAA (Federal Aviation Administration, órgão que fiscaliza as aeronaves nos EUA), a Marinha e as autoridades locais de Detroit - onde ocorreu o voo -, anunciaram que estão investigando a ação.

14/05/2020 às 16:51
Notícia

Drone chega MUITO perto de jatos caça nos EUA - Veja o vídeo

O voo, sem dúvidas, descumpre várias das leis de segurança para drones...

Esse voo específico foi feito pelo Blue Angels, que sobrevoou Detroit, Michigan, para homenagear os trabalhadores da linha de frente dos hospitais, que estão batalhando contra o Covid-19. Segundo o site DPReview, não havia uma restrição temporária de voo (TFR) em vigor. Essa medida é lançada algumas vezes pelo órgão, que impede que os drones sejam levantados nequele espaço, por determinado tempo. Apesar disso, o FAA sempre emite um aviso aos aviadores (NOTAM) quando há um grande evento envolvendo aeronaves tripuladas.

Mesmo com esse aviso, um piloto de drone decidiu captar imagens da frota. Para isso, levantou seu equipamento, mesmo que sem permissão. Isso coloca em risco a vida dos pilotos que estavam participando dos voos, além das pessoas que poderiam ser atingidas com destroços da queda. Tanto o FAA e a Marinha, quanto as autoridades locais, estão trabalhando para punir o piloto responsável.

Além das autoridades locais, a comunidade em geral de pilotos de drones também ficaram insatisfeitas com essas imagens. Devido a atitudes irresponsáveis é que mais leis são impostas, o que acarreta em mais impostos e taxas, deixando a modalidade cada vez mais cara.

Quem publicou o vídeo foi o Moss Photography. Mesmo ele indicando no título que as imagens não eram deles e se tratavam apenas de reprodução, ele recebeu diversas denúncias. Pela gravidade do que poderia ter acontecido, ele removeu o vídeo do ar. 

Continua após a publicidade

A investigação já está em andamento, e os órgãos estão procurando o real autor das imagens. O piloto vai ser indiciado e vai precisar prestar esclarecimentos para diversos órgãos. Como já falamos, é proibido voos que coloquem em risco a vida das pessoas. Apesar de nada ter ocorrido nesse caso, a colisão poderia ter tirado a vida de pessoas. 

Via: DPReview
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Testamos o ROG Phone 3!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.