FitBit quer desenvolver ventiladores para auxiliar no combate ao COVID-19

FitBit quer desenvolver ventiladores para auxiliar no combate ao COVID-19

Empresa de vestíveis promete produzir equipamento médico que terá custo de compra mais acessível

A FitBit espera se juntar às companhias que fabricam ventiladores para auxiliar no tratamento do novo coronavírus. De acordo com o chefe da empresa James Park, a marca está mudando sua produção para desenvolver equipamentos de saúde que podem salvar vidas. Em entrevista à CNBC, Park disse que suas tecnologias e planejamento já foram encaminhados à FDA (Food and Drug Administration) dos Estados Unidos.

12/05/2020 às 18:05
Notícia

Hackers estão se passando por Zoom, Microsoft Teams e Google ...

Eles também estão enviando mensagens se passando pela Organização Mundial da Saúde

Ainda de acordo com o pronunciamento do CEO da FitBit, a empresa deverá ajustar sua produção de acordo com a demanda, mesmo que o vírus esteja sendo controlado ou que uma "segunda onda" dele volte a comprometer a saúde global. Nos quesitos técnicos, James Park não comentou sobre as capacidades do ventilador pulmonar, mas garante que ele será "mais avançado" vendido a um preço mais acessível do que os ventiladores atuais do mercado.

"Será mais sofisticado do que os modelos básicos", disse o CEO. Apesar de a FitBit estar um pouco atrasada na produção de ventiladores, a ação ainda pode ser útil principalmente nos Estados Unidos, um dos países com mais casos confirmados do COVID-19. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), ainda levará algum tempo para que a doença seja controlada em nível global. Por conta disso, quanto mais equipamentos para auxiliar nos tratamentos de emergência, melhor para os cidadãos.

De acordo com informações recentes, a Organização Mundial da Saúde (OMS) está trabalhando em um aplicativo que orientará os usuários (particularmente aqueles em países com recursos limitados) sobre os sintomas do Coronavírus (COVID-19) para ajudá-los a descobrir se eles têm a doença ou não.

Fonte: Engadget
User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.