Mavic Air 2 tem limitações em Hyperlapse, QuickShots e velocidade de gravação
Créditos: Hexus

Mavic Air 2 tem limitações em Hyperlapse, QuickShots e velocidade de gravação

Atualização de firmware pode corrigir alguns dos problemas

O novo drone DJI Mavic Air 2 foi lançado há pouco mais de duas semanas e os testes já estão rolando pelo mundo - infelizmente ainda não recebemos ele, esperamos que aconteça em breve. Mas apesar de ser um dos melhores drones do mercado e trazer ótimas especificações, como acontece em boa parte dos produtos recém lançados, alguns problemas estão incomodando quem recebeu o drone "na primeira leva", relacionados a funcionalidades e até mesmo no corpo do drone, como reporta o site DroneDJ.

Hyperlaps 8K
Começando por uma das características com maior destaque, alguns usuários tem se frustrado com o Hyperlapse 8K. Aparentemente, o recurso não traz opção 4K e "grava" hyperlapses instáveis mesmo usando um trajeto onde o drone faz o controle de voo. É bom lembrar aqui que, tecnicamente, o Mavic Air 2 não possui uma câmera 8K, mas sim um sensor 48MP que, a partir de múltiplas fotos, cria um vídeo combinado final em 8K. Porém, a qualidade tem se mostrado menor do que o esperado em alguns cenários.

Hyperlapse funciona através da combinação de fotos para criar um vídeo final

 

Um dos grandes problemas é a "vibração" produzida durante o hyperlapse em 8K, que de acordo com alguns reports não existe caso o piloto opte por 1080p. As reviews internacionais tem explicado que, mesmo com vento razoavelmente fraco, o Air 2 não consegue manter uma linha fluida no ar. Ele sobe e desce durante o voo, deixando o resultado final "meio esquisito". 

28/04/2020 às 14:57
Artigo

Mavic Air 2 vs Mavic Air - Pelos mesmos $799 novo drone é MUI...

Novo modelo chega pouco mais de 2 anos após seu antecessor como um dos melhores drones ja lançados

Além disso, o intervalo mínimo entre cada foto no modo Hyperlapse para 8K é de 6 segundos, enquanto em 1080p isso cai para 2 segundos. Se pensarmos bem, é uma parte do problema até "lógica" e , provavelmente, se deve ao software do drone e à demanda necessária para gravar uma imagem em resolução bem maior.

Pós edição das imagens
Outra questão é quando, feito o vídeo, o usuário tenta visualizá-lo no computador. Em vários editores de vídeo, o número total de fotografias do produto final não aparece - até agora, de acordo com o youtuber que reportou, o Adobe Premiere Pro foi o único que conseguiu abrir tudo corretamente. Para deixar o conceito de hyperlapse ainda mais claro: o vídeo final 8k é composto de fotos 48MP, que são quatro imagens em 12MP juntas.

Vídeo 8K = X fotos 48MP = 4X fotos de 12MP

Continua após a publicidade

Por fim, nessa parte, tem a inexistência do hyperlapse em 4K. Como o DroneDj (e alguns usuários do DJI Reddit) mencionam, adicionar a opção 4K permitiria ao drone ter um tempo mais fácil de processar as imagens e ainda entregar um produto final de alta qualidade. E, sejamos sinceros, 4K já uma resolução e tanto...

Sem bracketing de exposição automático no modo 48MP
Voltando um pouco, a câmera de 48MP também apresenta algumas limitações. Por exemplo, não é possível usar o bracketing de exposição automático em 48MP com ela - mas no modo 12MP está disponível. 

Claro, o piloto pode arrumar isso manualmente, ajustando a compensação de exposição para uma série de fotos. Mas isso ocupa mais tempo do que se ocorresse automaticamente na câmera e certamente não é uma opção que a maioria dos usuários vão fazer, ao menos não nesse drone.

QuickShots apenas em 1080p
Outra situação que está recebendo críticas está em cima dos modos QuickShot do Mavic Air 2 (modos de voo pré-definidos), que chegaram limitados à resolução 1080p 30fps (quadros por segundo) a 35Mbps. O usuário do Twitter ZeroFGC perguntou a um representante da DJI sobre as resoluções disponíveis, o qual respondeu que os QuickShots pode ser tirados em 1080p, 2.7K ou 4K. Mas, na prática, só a primeira funcionou.

O youtuber Quadcopterguide também confirmou esse limite, mostrando as configurações do menu Quickshots - no qual existem as opções 1080p, 2,7K e 4K. Porém 1080p é permanentemente destacado em cinza claro e não é possível selecionar as outras resoluções. Talvez as demais opções sejam ativadas em um futuro firmware ou atualização do App DJI Fly.

Continua após a publicidade

120 Megabits por segundo (Mbps)
Uma terceira questão que, na prática, é um pouco diferente está relacionada aos megabits por segundo, que nem sempre serão 120Mbps. Essa taxa supera até os modelos Mavic 2 Pro e Zoom, que gravam em 100Mbps, mas pode ser alcançada apenas com taxas de quadros mais altas, como 50fps ou 60fps. Nas mais baixas (24fps, 25fps e 30fps), a gravação também é limitada a 100Mbps.

O vídeo do youtuber Quadcopterguide mostra alguns dos problemas mencionados até agora. Confira abaixo:

Por fim, outro problema compartilhado no DJI Reddit é que alguns pilotos estão recebendo o Mavic Air 2 com arranhões. ZeroFGC também publicou seu drone saindo da caixa com uma marca escura na frente. Pouco depois, outro usuário do Reddit afirmou que teve praticamente o mesmo problema.

Os arranhões não parecem afetar o desempenho, mas com certeza frustram algumas pessoas. Esse tipo de situação, às vezes, acontece com a primeira leva de produtos, mas tendem a sumir com o passar do tempo com correções aplicadas no processo de produção.


Aos poucos, a maioria desses problemas do Mavic Air 2 devem ser solucionados. Claro, nós poderemos falar com mais propriedade sobre o que achamos do novo drone da DJI quando lançarmos nossa própria review.

Via: DroneDJ (1), (2), (3)
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Testamos o ROG Phone 3!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.