NASA está trabalhando com Tom Cruise para gravar um filme no espaço
Créditos: JoBlo

NASA está trabalhando com Tom Cruise para gravar um filme no espaço

Informação foi confirmada pelo administrador da agência espacial americana

O administrador da NASA confirmou na terça-feira em sua conta no Twitter que a agência espacial americana está trabalhando com o ator Tom Cruise para fazer um filme na Estação Espacial Internacional (ISS). Um porta-voz da agência também confirmou que o ator será lançado ao espaço e permanecerá a bordo da estação, que é basicamente um laboratório orbitando a Terra.

Tripulações de astronautas têm vivido a bordo da ISS continuamente desde o ano 2000 e até mesmo alguns turistas com alto poder aquisitivo pagaram para passar um tempo na ISS. Alguns filmes foram gravados a bordo da estação espacial, incluindo um documentário IMAX de 2002, que foi narrado por Tom Cruise. O filme de ficção científica "Apogee of Fear", de 2012, também foi gravado no espaço pelo empresário e turista espacial Richard Garriott, que é filho de um astronauta.

Em seu tweet, Jim Bridenstine, administrador da NASA, disse que "precisamos de mídia popular para inspirar uma nova geração de engenheiros e cientistas a tornar realidade os planos ambiciosos da agência". Já uma matéria do Deadline publicada na terça-feira disse que o filme marcará "o primeiro longa-metragem narrativo - uma aventura de ação - a ser filmado no espaço sideral".

20/02/2020 às 00:00
Notícia

SpaceX deve levar primeiros turistas ao espaço em 2021

Empresa diz que início de 2022 seria a data limite para começar as viagens

Ainda não foi confirmado exatamente como ou quando Cruise viajará para a estação espacial ou quais membros adicionais da tripulação podem se juntar a ele, mas o Deadline afirma que é bem provável que a SpaceX seja a empresa responsável por levar o ator até a Estação Espacial Internacional.

A Rússia é o único país com a capacidade de voar humanos de e para a estação espacial, mas a SpaceX e a Boeing têm trabalhado por anos para desenvolver naves espaciais capazes de devolver essa capacidade aos Estados Unidos. O veículo da SpaceX, Crew Dragon, deve completar sua primeira missão tripulada para a ISS ainda este mês.

Continua após a publicidade

Ao contrário dos programas de voo espacial humano das décadas anteriores, a NASA não será dona e não operará os veículos da SpaceX ou da Boeing. Ambas as empresas terão permissão para vender assentos a bordo de suas naves espaciais para turistas ou para outros dispostos a pagar o preço.

A SpaceX anunciou anteriormente que trabalharia com empresas terceiras para vender assentos a bordo da Crew Dragon por cerca de US$ 50 milhões cada. A NASA também emitiu uma diretiva no ano passado que estabeleceu planos para permitir que viajantes espaciais não governamentais paguem à agência espacial pelo uso das instalações da Estação Espacial Internacional.
 

Fonte: Deadline, CNN
User img

Fabio Rosolen

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.