Apple Watch supera aparelho hospitalar ao detectar doença em senhora de 80 anos

Apple Watch supera aparelho hospitalar ao detectar doença em senhora de 80 anos

Dispositivo reconheceu que a paciente tinha isquemia, que é a redução de fluxo sanguíneo

O Apple Watch conseguiu sozinho detectar uma irregularidade na condição cardíaca de seu usuário enquanto dispositivos profissionais de hospitais não conseguiram detectar o motivo da doença do paciente. Nesta nova história real, o vestível apontou um problema cardíaco em uma mulher de 80 anos em Mainz, na Alemanha.

01/04/2020 às 15:17
Notícia

Cardiogram para o Apple Watch agora consegue detectar se o se...

Update no aplicativo detecta batidas aceleradas do coração durante o sono

De acordo com uma reportagem publicada no jornal European Heart Journal, a paciente foi ao University Medical Center Mainz da Universidade Johannes Gutenberg, Alemanha, para uma consulta que a descreveu com "sintomas típicos da angina". Durante a sessão com os médicos, a equipe realizou um ECG (eletrocardiograma) de 12 canais usando a máquina do hospital, mas o teste não revelou evidências de isquemia.

Por conta disso, a paciente de 80 anos mostrou aos médicos os testes cardíacos que ela realizou com seu próprio Apple Watch. O ECG do vestível da Apple provou ser mais confiável do que o próprio equipamento do hospital, pois o recurso do relógio inteligente foi capaz de detectar um problema cardíaco nela chamado de isquemia.

A isquemia é uma condição na qual há suprimento sanguíneo inadequado para um órgão ou qualquer outra parte do corpo, mas mais especificamente para os músculos do coração.

Os resultados do ECG do Apple Watch revelaram "traçados com acentuada depressão do segmento ST". Nesses resultados, os médicos viram evidências de isquemia miocárdica e a paciente foi posteriormente transferida para o laboratório de cateterismo. Uma análise mais aprofundada revelou "uma estenose do tronco principal esquerdo e uma lesão descendente anterior / bifurcação diagonal esquerda".

No fim da história, o Apple Watch conseguiu detectar a doença e auxiliou os médicos na descoberta das complicações na paciente. Depois de realizar mais testes, ela foi encaminhada para o procedimento correto.

Via: WCCF Tech
User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.