Huami cria máscara N95 que não interfere no reconhecimento facial do celular
Créditos: Huami

Huami cria máscara N95 que não interfere no reconhecimento facial do celular

Equipamento transparente também foi feito pensando nas expressões faciais

Pessoas do mundo todo estão buscando se proteger do novo coronavírus, máscaras de proteção facial estão sendo encaradas como equipamentos básicos de proteção, o que ainda causa estranheza para nós do ocidente. Agora, uma empresa do oriente começa a trabalhar em modelos de máscaras para suprir a necessidade de um grupo específico de usuários, aqueles que querem desbloquear seu smartphone sem precisar descobrir a face.

Além disso, a iniciativa também faz parte do que a empresa está chamando de "Project uSmile:-)", que tenta amenizar os efeitos do isolamento social, com uma máscara transparente é possível ver o companheiro mais próximo sorrir.

As máscaras mais comuns não são capazes de impedir as menores partículas no ar que podem conter a COVID-19, por isso, a mais procurada em todo o mundo segue o padrão N95, que traz um sistema de filtragem para garantir mais segurança. É nesse modelo que a submarca da Xiaomi está trabalhando.

O produto será disponibilizado em breve, mas ainda não há uma data para chegar ao mercado. Por hora, a empresa apenas compartilhou imagens que mostram como a máscara será quando estiver pronta. O nome do equipamento, em estágio inicial, é Aeri, uma forma de permitir que as pessoas respirem ar puro sem deixar de revelar a expressão facial e ainda podendo desbloquear o smartphone com tecnologia face unlock.

Amazfit Verge Lite cai para US$77 na
versão global com GPS destinada a esportistas

Não apenas a boca é visível, grande parte coberta pelo item é visto, o projeto tem a maioria dos componentes transparentes. Ela é feita com materiais flexíveis, laváveis e quando conectada a uma fonte de energia utiliza seu emissor de luz ultravioleta para se auto-desinfetar.

Recentemente, a Huami apresentou a Amazfit X, pulseira inteligente com diversas funcionalidades focadas em saúde e esportes. O gadget entrou em financiamento coletivo e pode ser comprado por menos da metade do preço em pré-venda. Confira mais sobre este assunto na notícia.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.