Ford adia lançamento do robotaxi para 2022 por causa da Covid-19
Créditos: Ford

Ford adia lançamento do robotaxi para 2022 por causa da Covid-19

Empresa pretende avaliar impacto econômico da pandemia antes de lançar serviço

A montadora norte-americana b decidiu adiar o lançamento do seu serviço de transporte privado e entrega com veículos autônomos, o Robotaxi, para o ano de 2022. O motivo para isso é a pandemia de Covid-19 e a incerteza que há sobre o tamanho do impacto que ela terá na economia mundial e nos cofres da empresa.

"Dados os desafios do atual ambiente de negócios, assim como a necessidade de avaliar o impacto a longo prazo da Covid-19 nos comportamentos dos consumidores, a Ford tomou a decisão de alterar o lançamento dos seus serviços de direção autônoma para 2022".
Comunicado oficial da Ford

Segundo os executivos da Ford, parte da decisão também envolve garantir que os clientes estejam seguros que eles ou os seus pacotes estarão num ambiente protegido dentro dos veículos autônomos da firma.

"Vamos usar esse tempo extra para pesquisar 'mudanças nos comportamentos dos consumidores, o que irá permitir que a gente avalie e potencialmente mude a nossa estratégia de entrada no mercado, nos adequando às novas demandas dos clientes".
Comunicado oficial da Ford

A fabricante passou os últimos anos testando protótipos de veículos autônomos em Miami, Austin e Washington para se preparar para um lançamento que estava previsto para 2021. Até agora, porém, a empresa ainda não revelou em que mercados pretende lançar o serviço.

Enquanto isso, a empresa dos Estados Unidos anunciou os seus resultados financeiros do primeiro trimestre de 2020. Eles sofreram enormes perdas por causa da pandemia, com um prejuízo de US$ 2 bilhões nos primeiros três meses do ano. No mesmo período de 2019, a empresa apresentou um lucro de US$ 1 bilhão.

Via: The Verge
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.