Samsung quer fazer sensor de 600MP mais poderoso que olho humano
Créditos: GSM Arena

Samsung quer fazer sensor de 600MP mais poderoso que olho humano

Empresa tem tecnologias de até 108MP no mercado e mira em salto mais alto no futuro

A Samsung foi a primeira empresa a adotar os sensores de 64MP no mercado e também é parte responsável pela popularidade dos sensores de 108MP em smartphones. Para continuar sua posição como pioneira, a empresa quer dar passos ainda maiores nos próximos sensores criados. Yongin Park, chefe da equipe de negócios de sensores da Samsung, revelou planos de implementar sensores de 600MP no futuro. Segundo as informações passadas por ele em um editorial, a ideia é fazer uma peça que consiga captar mais detalhes que o olho humano.

Park comenta que nossos olhos captam detalhes no que corresponde a 500MP, a empresa vai trabalhar para criar sensores que consigam ultrapassar essa qualidade. Apesar de os smartphones terem se mostrado um grande mercado na última década, a ideia é utilizar essas peças também em outros tipos de dispositivos. Veículos autônomos, drones e gadgets de IoT estão na lista.

Novas renderizações do Samsung Galaxy
Fold 2 mostram uma tela maior de 120Hz

"Por meio de uma inovação incansável, estamos determinados a abrir infinitas possibilidades em tecnologias de pixel que podem até fornecer sensores de imagem que podem capturar mais detalhes do que o olho humano."
Yongin Park, chefe da equipe de negócios de sensores da Samsung

Atualmente, aparelhos como Samsung Galaxy S20 Ultra com o sensor ISOCELL Bright HM1 e o Xiaomi Mi Note 10 com ISOCELL Bright HMX são capazes de produzir imagens de 108MP, mas utilizam um processo de fotografia em 12MP e 27MP. Levando em consideração isso, vale lembrar que nossos smartphones não estão prontos para receber arquivos gigantescos para fotografias em 600MP e nem há uma demanda para isso, mas ser pioneira em uma tecnologia garante mais do que um bom produto no futuro.

De qualquer forma, grande parte do trabalho da Samsung na criação do sensor será gerar arquivos que não sejam gigantescos para que possam ser utilizados. A empresa terá que trabalhar para reduzir o tamanho de pixel do próximo sensor, HM1 e HMX têm 0,8 micrômetros, o próximo pode ser baseado em 0,7 micrômetros.

Via: GSM Arena, WCCF Tech Fonte: Samsung

Testamos o ROG Phone 3!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.