Youtube lança Video Builder, ferramenta de baixo custo para criação de vídeos

Youtube lança Video Builder, ferramenta de baixo custo para criação de vídeos

Plataforma pretende ajudar pequenas empresas em tempos de COVID-19

O YouTube lançou recentemente o Video Builder, uma nova ferramenta destinada às pequenas empresas que precisam de uma maneira simples e de baixo custo para criar vídeos mas que não possuem necessariamente a experiência criativa ou o conhecimento técnico necessário para isso.

O Video Builder já está sendo usado há algum tempo como teste por um grupo de clientes do YouTube, e agora deverá ser lançado para os demais consumidores devido aos acontecimentos da pandemia COVID-19. A iniciativa pretende apoiar companhias que pretendem produzir conteúdos para internet com objetivo de continuarem ativas no mercado.

Confira o exemplo abaixo de um vídeo criado com a ferramenta Video Builder:

"Acreditamos que o Video Builder pode ajudar empresas de todos os tamanhos que precisam de vídeos rápidos, especialmente agora, quando ouvimos de muitas empresas que elas precisam atualizar suas mensagens para os clientes de maneira rápida e fácil", disse Ali Miller, diretor de gerenciamento de produtos da Anúncios do YouTube.

17/04/2020 às 13:23
Notícia

Bill Gates agora é o principal alvo de notícias falsas relaci...

Mentiras sobre Gates superam as que ligam a tecnologia 5G ao COVID-19

Para obter acesso à ferramenta, a empresa precisará apenas de uma Conta do Google que possa ser usada para fazer login nos serviços como Gmail e YouTube. A empresa também poderá vincular um endereço de e-mail que não é do Google a uma conta do Google (caso não possua). Para salvar e publicar o vídeo, a empresa precisará de seu próprio canal no YouTube

O uso da ferramenta é simples, de acordo com a proposta. A versão beta do Video Builder pode animar os recursos estáticos de uma empresa - incluindo imagens, texto e fotos - que podem usar as músicas da biblioteca de áudio gratuita do YouTube. Os usuários também podem selecionar uma variedade de layouts com base em suas mensagens e objetivos para depois personalizar cores e fontes para gerar um vídeo de seis ou 15 segundos.

Continua após a publicidade

O vídeo pode publicado ou "não listado" no YouTube. A plataforma permite que esses vídeos sejam incorporados em outros sites ou compartilhados em outras mídias sociais. Se a empresa optar, ela também pode exibir os vídeos como anúncios por meio do Google Ads.

Via: TechCrunch
User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.