Coronavírus: Samsung pode amargar pior taxa operacional da história no segundo semestre
Créditos: Samsung

Coronavírus: Samsung pode amargar pior taxa operacional da história no segundo semestre

LG estaria passando pelos mesmos problemas

A crise causada pelo novo coronavírus está afetando “gravemente” a Samsung. De acordo com reportagem do ETNews, a maior fabricante de smartphones do planeta pode amargar uma baixa histórica em seus registros operacionais já no segundo trimestre de 2020. 

O resultado se deve a uma série de fatores, começando pelo fato de a companhia já ter reduzido sua produção pela metade. Além da natural diminuição da demanda e de insumos, a empresa se viu obrigada a parar as máquinas e fechar temporariamente várias fábricas e lojas em todo o mundo devido aos bloqueios impostos por governos de diversos países que lutam conter o avanço da covid-19.

14/04/2020 às 20:35
Notícia

Aplicativo da Samsung para TVs, Smart View terá seu suporte e...

Como alternativa, a empresa recomenda a utilização do app SmartThings

Fábricas fechadas implicam diretamente em um aumento dos custos fixos. Este ponto, associado a um número menor de vendas e à queda de receita contribuem para puxar os resultados para baixo. Aumentar a produção atualmente não seria financeiramente vantajoso, pois a empresa já possui estoques remanescentes dos meses anteriores e o excedente ficaria apenas acumulado.

Além da planta no Brasil, a Samsung já baixou as portas de suas fábricas de smartphones e eletrodomésticos em outros países como Índia, México, Rússia, Eslováquia, Vietnã e até os EUA.

Com o atual cenário de incerteza provocado pela dispersão global do coronavírus, é difícil prever até quando serão mantidos os bloqueios e fechamentos. Cogita-se mais um mês de espera. 

15/04/2020 às 08:15
Notícia

Japão financiará grandes marcas de câmeras interessadas em ti...

Quase todas as principais fabricantes de câmeras e lentes são japonesas

Continua após a publicidade

A LG estaria enfrentando os mesmos problemas. "Embora eles estejam monitorando o status de suas fábricas diariamente, é difícil para eles prever as taxas de operação no momento", disse um representante da indústria. 

"É provável que as taxas de operação caiam muito, pois muitas de suas fábricas estão atualmente fechadas e há uma chance de que elas permaneçam fechadas mesmo depois deste mês", relatou.

Apesar das dificuldades, a Samsung tem colaborado no combate à pandemia. A empresa já doou cerca de US$ 24,6 milhões para a Coreia do Sul, seu país de origem, e mais US$ 5 milhões para a Índia. 

Via: Gizmochina Fonte: ETNews
User img

Gabriel Tagarro

Formado em jornalismo pela Universidade Castelo Branco, é apaixonado por games desde 1994, quando ganhou um Master System. Joga de tudo um pouco, seja no PC ou no console. Ama tecnologia e escreve com prazer sobre tudo que a envolve.

O fim do CANAL do RATO BORRACHUDO e o Dilema das Redes Sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.