Samsung fornecerá um chip Exynos personalizado para o Google [Rumor]
Créditos: Samsung

Samsung fornecerá um chip Exynos personalizado para o Google [Rumor]

Suposto novo chip deve ser produzido com o processo de fabricação 5nm LPE

A Samsung tem sido frequentemente criticada por sua linha de SoCs Exynos para dispositivos móveis. Recentemente, a linha de chipsets foi ainda mais criticada por oferecer um desempenho inferior em comparação com seu rival Snapdragon 865. Os smartphones da linha Galaxy S20 foram lançados na Europa e na Índia com o Exynos 990 e não com o chip da Qualcomm.

06/04/2020 às 16:33
Notícia

Samsung emite nota sobre diferença entre Exynos 990 e Snapdra...

Empresa diz que os processadores passam por testes rigorosos para que ofereçam o mesmo desempenho

Apesar de tudo isso, informações recentes na Coreia do Sul dizem que o Google firmou uma parceria com a Samsung para um chip Exynos personalizado previsto para ser lançado ainda este ano. Mesmo com toda torcida contra, a Samsung permanece firme em sua decisão de continuar usando os chips Exynos. Ao usar seus próprios chips, a empresa vem reduzindo continuamente sua dependência de fornecedores como Qualcomm e MediaTek.

A gigante sul-coreana atualmente é a terceira maior fabricante de chips para dispositivos móveis e agora parece que ela passará a fornecer chips também para o Google. Até mesmo as supostas especificações foram divulgadas.

O chip com lançamento previsto para este ano será produzido com o processo de fabricação 5nm LPE e terá CPU com oito núcleos (2 x Cortex-A78, 2 x Cortex-A76 e 4 x Cortex-A55). Sobre a GPU, especula-se que será uma Mali MP20 baseada na microarquitetura Borr. Por último, este suposto novo chip Exynos personalizado incluirá componentes como Visual Core e NPU do Google e não da Samsung.

Samsung fornecerá um chip Exynos personalizado para o Google [Rumor]

No ano passado foi divulgado que o Google estava tentando contratar designers de chips da Intel, Qualcomm, Broadcom e NVIDIA para construir seu próprio chipset para smartphones e servidores. A empresa já tem cerca de 16 engenheiros em Bengaluru, Índia.

Ainda não se sabe qual dispositivo usará o suposto novo chip personalizado da Samsung. Ele pode ser usado tanto em um modelo intermediário da linha Pixel como em servidores.

Vale lembrar que no ano passado a Samsung deixou de usar núcleos de CPU Mongoose em favor de núcleos ARM tradicionais e também firmou uma parceria com a AMD para trazer as GPUs Radeon para seus chipsets, mas nada mais foi divulgado sobre isso.
 

Fonte: Engadget
User img

Fabio Rosolen

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.