Créditos: Verily

Firma-irmã da Google, Verily mostra como é exame drive-through para o Covid-19

No momento, Project Baseline está limitado à área da Baía de São Francisco

A empresa-irmã da Google, Verily, divulgou um vídeo explicando como funciona o seu sistema drive-through de testes para o Covid-19, denominado Project Baseline. Quem tiver interesse em ser testado precisará primeiro passar por um questionário online, que servir para priorizar quem possui maiores chances de estar infectado.

16/03/2020 às 08:40
Notícia

Google informa que não está desenvolvendo site que indica se ...

No lugar do Google, a Verily desenvolveu um site de triagem apenas para a Bay Area

Os critérios para seleção incluem exposição a pessoas que já possuem o vírus, sintomas atuais, idade, condições de saúde prévias e locais ou ocupações de maior risco. Quem for qualificado para fazer o teste receberá uma identificação de referência e dados de seu dia e horário marcados.

No momento que for separado para o teste, o paciente precisa passar por três estações. Na primeira, ele mostra a sua identidade e os seus dados de cadastro através da janela fechada do carro. Depois, na segunda estação, o número de ID do usuário é vinculado a um kit de laboratório. Essas informações ficam numa placa que é pendurada no para-brisa do veículo.

Fonte: Verily

Na estação final é que finalmente é realizado o teste em si. Essa é a hora em que o paciente finalmente abre a janela do carro e deve se inclinar com a cabeça para trás. Nessa hora, um profissional de saúde irá esfregar um cotonete dentro do seu nariz para retirar seu muco e identificar ele está infectado com o vírus.

Ao final de todo o processo, a amostra será enviada para o laboratório e os resultados serão entregues dentro de dois a quatro dias depois. No momento, o Project Baseline só está disponível nos condados de Santa Clara e San Mateo, na cidade de São Francisco (Estados Unidos).

Esse sistema faz parte de um programa de testes maior que é dirigido pelo estado da Califórnia e possui contribuição do Governo Federal dos EUA. Não se sabe se a Verily possui planos para expandir o programa para outro estado.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comentou sobre um programa de testes da Google para o novo coronavírus em confusas declarações que ele proferiu recentemente. Não se sabe se o Project Baseline é esse programa ou se a Google ainda possui outros planos para combater o Covid-19.

Via: The Verge
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Além do coronavírus: drones realizam entregas e coletas de exames pelo mundo

Além do coronavírus: drones realizam entregas e coletas de exames pelo mundo

Iniciativa tem se popularizado em diversos países; tendência é de adesão cada vez maior


Samsung fornecerá um chip Exynos personalizado para o Google [Rumor]

Samsung fornecerá um chip Exynos personalizado para o Google [Rumor]

Suposto novo chip deve ser produzido com o processo de fabricação 5nm LPE


Specs do Google Pixel 4a aparecem em vazamento: tela de 5,8'' e Snapdragon 730

Specs do Google Pixel 4a aparecem em vazamento: tela de 5,8'' e Snapdragon 730

Nova geração do celular intermediário feito pela própria Google deve chegar em breve


Serviço de conferências Hangouts Meet agora oficialmente se chama Google Meet

Serviço de conferências Hangouts Meet agora oficialmente se chama Google Meet

Empresa começou a retirar o nome do mensageiro da plataforma de vídeo recentemente


Hackers estão explorando a pandemia para invadir computadores e roubar dados

Hackers estão explorando a pandemia para invadir computadores e roubar dados

Autoridades do Reino Unido e EUA alertam sobre mensagens falsas