YouTube vai limitar qualidade de transmissão dos vídeos para evitar colapso da internet
Créditos: Youtube/ Reprodução

YouTube vai limitar qualidade de transmissão dos vídeos para evitar colapso da internet

A medida terá 30 dias de duração e vale a partir desta terça-feira (24)

O Youtube decidiu estender a decisão de reduzir a qualidade de todos os vídeos da plataforma, antes limitada aos países da Europa, para todo o mundo. A medida, que terá 30 dias de duração, vale a partir desta terça-feira (24) e tem como objetivo reduzir o tráfego para evitar eventuais problemas na rede num momento em que há um grande número de usuários conectados ao mesmo tempo, confinados em quarentena em função da pandemia do coronavírus.

24/03/2020 às 14:06
Notícia

Netflix reduz qualidade de streaming de vídeos no Brasil

Medida visa evitar a sobrecarga da rede

De acordo com a empresa, os usuários encontrarão os vídeos com uma qualidade mais baixa, porém, todos ainda poderão assisti-los em alta definição se quiserem, bastando apenas mexer nas configurações do conteúdo a ser exibido. 

Com um número cada vez maior de pessoas resguardadas em casa, trabalhando, assistindo vídeos ou apenas navegando, é natural uma carga maior sobre a rede. O YouTube disse não acreditar em um colapso, mas decidiu adotar esta medida como prevenção em função das crescentes preocupações dos governos ao redor do globo.

O posicionamento adotado pela plataforma de vídeos é semelhante ao de outras empresas como Amazon e Netflix. Aqui no Brasil, a Globo também optou por limitar a qualidade de seus serviços oferecidos por streaming para reduzir o tráfego da internet no país.

Como destaca a agência Bloomberg, o Google foi o maior consumidor de banda de rede no ano passado, ficando à frente inclusive da Netflix. Segundo um estudo da empresa de análise de redes Sandvine, o tráfego gerado pelo YouTube aumentou ainda mais nos últimos dias.

"Continuamos trabalhando junto aos governos e operadoras ao redor do mundo para fazer nossa parte e minimizar o stress do sistema durante essa situação sem precedentes", declarou o Google em comunicado.

Via: Bloomberg
User img

Gabriel Tagarro

Formado em jornalismo pela Universidade Castelo Branco, é apaixonado por games desde 1994, quando ganhou um Master System. Joga de tudo um pouco, seja no PC ou no console. Ama tecnologia e escreve com prazer sobre tudo que a envolve.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Além do coronavírus: drones realizam entregas e coletas de exames pelo mundo

Além do coronavírus: drones realizam entregas e coletas de exames pelo mundo

Iniciativa tem se popularizado em diversos países; tendência é de adesão cada vez maior


Samsung fornecerá um chip Exynos personalizado para o Google [Rumor]

Samsung fornecerá um chip Exynos personalizado para o Google [Rumor]

Suposto novo chip deve ser produzido com o processo de fabricação 5nm LPE


Specs do Google Pixel 4a aparecem em vazamento: tela de 5,8'' e Snapdragon 730

Specs do Google Pixel 4a aparecem em vazamento: tela de 5,8'' e Snapdragon 730

Nova geração do celular intermediário feito pela própria Google deve chegar em breve


Serviço de conferências Hangouts Meet agora oficialmente se chama Google Meet

Serviço de conferências Hangouts Meet agora oficialmente se chama Google Meet

Empresa começou a retirar o nome do mensageiro da plataforma de vídeo recentemente


Hackers estão explorando a pandemia para invadir computadores e roubar dados

Hackers estão explorando a pandemia para invadir computadores e roubar dados

Autoridades do Reino Unido e EUA alertam sobre mensagens falsas