Apple implementa questionário sobre sintomas do Covid-19 na Siri
Créditos: Apple

Apple implementa questionário sobre sintomas do Covid-19 na Siri

Usuários podem pedir ajuda da assistente virtual para saber se estão com o novo coronavírus

A fabricante norte-americana Apple adicionou novos recursos para a sua assistente virtual impulsionada por inteligência artificial, a Siri. Com as novas funcionalidades, ela agora é capaz de aplicar um questionário sobre os sintomas do Covid-19 com os usuários, ajudando-os a saber se eles podem ter sido infectados pela doença.

21/03/2020 às 10:44
Notícia

Xiaomi passa Huawei e se torna terceira maior fabricante de c...

Huawei foi superada em meio à crise pandêmica e problemas com Estados Unidos

Isso foi feito com o apoio do Serviço de Saúde Pública dos Estados Unidos (USPHS) e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) estadunidense, o que é indicado num aviso mostrado pela própria Siri.

Para começar o questionário, basta perguntar "Do I Have Coronavirus?" ("Eu tenho Coronavírus?", em tradução livre) para a Siri. Ela então irá exibir o aviso legal e prosseguir para fazer uma série de perguntas para determinar se o usuário precisa de ajuda.

Fonte: Apple

A assistente virtual irá checar atrás de sintomas como febre, tosse seca, falta de ar e se você teve contato com alguém que foi infectado pelo novo coronavírus. Os usuários podem responder "sim", "não" ou "não tenho certeza" para essas perguntas.

Com base nas respostas do usuário, a Siri irá dar dicas sobre o que fazer a seguir. Se a assistente virtual concluir que a situação do usuário é séria, ela irá recomendar que ele ligue para os serviços de emergência para buscar ajuda imediata.

Se a situação não for muito séria, a Siri vai sugerir que você se isole e que evite contato com outras pessoas para evitar a disseminação do vírus. Ela também vai sugerir o download de um aplicativo da App Store para o usuário obter mais informações.

Via: WCCF Tech
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.