Google Discover agora permite denunciar notícias enganosas ou sensacionalistas
Créditos: 9to5google

Google Discover agora permite denunciar notícias enganosas ou sensacionalistas

Recurso foi implementado após grande aumento na disseminação de fake news

A Google adicionou um novo recurso para o seu aplicativo Discover que permite denunciar notícias enganosas ou sensacionalistas. A função de "Denunciar Conteúdo" aparece dentro do menu de contexto que permite controlar o que aparece no feed do usuário.

A decisão foi tomada depois que uma grande quantidade de notícias falsas começou a se disseminar na internet. Ao clicar na opção "Denunciar Conteúdo", uma janela pop-up irá se apresentar para você.

Nesa janela que surge, você pode selecionar o motivo para reportar o conteúdo dentro de quatro opções disponíveis. Pode ser porque a notícia é enganosa ou sensacionalista, ou também porque o conteúdo é violento ou repulsivo. Ainda dá para dizer que a publicação é odiosa ou abusiva e ainda colocar "outro" como o motivo.


Fonte: 9to5Google

O recurso é diferente da funcionalidade já existente de solicitar a remoção de conteúdos por violações de direitos autorais. Depois que você denunciar um conteúdo como fake news, ele irá desaparecer do seu feed. Ainda assim, há a opção de desfazer a ação caso você se arrependa ou tenha cometido um engano.

De acordo com o site XDA Developers, o recurso de "Denunciar Conteúdo" está chegando para os usuários em todo o mundo através de uma atualização do Google Discover. Para usar o recurso, é preciso ter o app da Google no Android com versão 10.99 ou mais recente.

Para quem usa o Android puro dos Google Pixel, a funcionalidade Discover pode ser encontrada ao deslizar para a esquerda na tela inicial. Ele também está disponível dentro do aplicativo Google Search.

Via: XDA Developers, 9to5 Google
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.