Samsung pode estar trabalhando em um sensor de 150MP para smartphones
Créditos: Samsung

Samsung pode estar trabalhando em um sensor de 150MP para smartphones

De acordo com o rumor, a Xiaomi seria a primeira empresa a adotar a tecnologia em um celular

Segundo vazamentos recentes, a Samsung está trabalhando em um sensor de 150MP para seus smartphones, com a possibilidade de trazê-lo ainda neste ano. O perfil no Twitter Sleepy Kuma achou uma fonte em coreano comentando o assunto, que apesar de ainda muito recente, pode acabar se revelando verdade nos próximos meses.

O sensor teria cerca de uma polegada e utilizaria a tecnologia Nanocell, utilizada no sensor ISOCELL Bright HM1 do Samsung Galaxy S20 Ultra. O rumor vai além, comenta que a Xiaomi planeja ser a primeira empresa a adotar a peça capaz de oferecer fotografias utilizando até 150MP. A empresa faria o primeiro lançamento de um topo de linha assim no final de 2020.

JerryRig desmonta Galaxy S20 Ultra e mostra
como é seu sistema de câmera por dentro

Empresas como Oppo e Vivo também teriam interesse em utilizar o sensor, mas essas apresentariam smartphones com ele apenas em 2021. A ideia, de acordo com o vazamento, seria utilizar o hardware com o processador Qualcomm Snapdragon 875, que possibilitaria tamanho processamento de imagem. A tecnologia aplicada na captura de fotos reuniria os pixels para formar uma foto de 16MP. Atualmente, o ISOCELL Bright HM1, de 108MP, entrega uma combinação que resulta em 12MP.

12/03/2020 às 10:01
Notícia

Google Camera pode receber suporte a vídeos 4K60fps em breve

Site descobriu um código que menciona o modo de câmera no aplicativo

Outra empresa que faz avanços nas câmeras de smartphones é a Google, mas esta principalmente no campo de softwares. Recentemente, a gigante da tecnologia comentou sobre o desenvolvimento futuro do suporte a resolução 4K60fps através da GCAM. Segundo o site XDA Developers, há indícios nos códigos da GCAM 7.4 de que a companhia pode estar trabalhando em uma aplicação assim já para a versão seguinte do programa. Saiba mais na notícia.

Fonte: Clin.net

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.