Novos malware no Android permitem que cibercriminosos acessem suas redes sociais
Créditos: Mashable

Novos malware no Android permitem que cibercriminosos acessem suas redes sociais

Programas maliciosos trabalham juntos para invadir suas contas pessoais

Enquanto a maioria das pessoas não consegue fazer um trabalho em equipe para conter um vírus, especialistas da Kaspersky descobriram dois malware do Android que formam um belo time. Os programas maliciosos trabalham em conjunto para roubar a identidade de usuários e permitir que cibercriminosos acessem suas redes sociais para compartilhar conteúdos indesejados de todo tipo.

O processo é feito roubando os cookies de acesso das redes sociais. Cookies são pequenos fragmentos de dados muito leves que alguns sites salvam quando você os acessa para personalizar sua navegação. É assim que as redes sociais "aprendem" seus gostos e passam a oferecer anúncios e conteúdos direcionados.

É também através dos cookies que são salvos seus dados de acesso, criando uma "ID de sessão exclusiva". Essa ID é usada para identificar o usuário e não ficar pedindo sua senha e login toda vez. Os malware conseguem roubar para ser suada por hackers que querem entrar nas suas redes sociais.

O processo de roubo das suas credencias acontece em conjunto. O primeiro malware é capaz de obter os dados de administrador no dispositivo da vítima e transferir para os servidores dos criminosos, o que poderia ser suficiente para eles acessarem sua conta.

12/03/2020 às 09:08
Notícia

Hackers estão usando softwares rastreadores do coronavírus pa...

Mais de 50% dos domínios relacionados ao COVID-19 foram desenvolvidos para instalar malwares

Mas as redes sociais contam com um sistema de segurança para impedir isso. É o famoso "acesso suspeito" à conta, que acontece quando você normalmente acessa seu Facebook de uma localidade e, de repente, tenta acessar de outra onde nunca esteve.

É aí que entra o segundo malware. Ele é capaz de executar um servidor de proxy no dispositivo da vítima que, resumindo, serve pra "fingir" que quem está acessando a rede está no mesmo lugar do celular de origem. Ele "simula" a localização dos invasores.

Para evitar ser vítima deste golpe, a Kaspersky oferece as seguintes dicas:

- Bloqueie o acesso de terceiros aos cookies no navegador do celular e permita que seus dados sejam salvos apenas até você fechar o navegador.

- Limpe os cookies periodicamente.

- Use uma solução de segurança confiável, como o Kaspersky Security Cloud, que inclui o recurso de Navegação Privada para evitar que sites coletem informações sobre suas atividades on-line.

User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Veja como baixar novos filtros para Stories do Instagram no iOS ou Android

Veja como baixar novos filtros para Stories do Instagram no iOS ou Android

Você também pode criar os próprios efeitos, mas é um processo mais trabalhoso


AnandTech acusa Mediatek de trapacear em benchmarks

AnandTech acusa Mediatek de trapacear em benchmarks

Essa é a primeira fabricante de chips acusada de enganar usuários de maneira sistemática


Novos tablets Samsung Galaxy devem ser tão grandes quanto o iPad Pro

Novos tablets Samsung Galaxy devem ser tão grandes quanto o iPad Pro

Dispositivos Android devem vir com display nas opções de 12,4" e 11"


Specs do Google Pixel 4a aparecem em vazamento: tela de 5,8'' e Snapdragon 730

Specs do Google Pixel 4a aparecem em vazamento: tela de 5,8'' e Snapdragon 730

Nova geração do celular intermediário feito pela própria Google deve chegar em breve


Hackers estão explorando a pandemia para invadir computadores e roubar dados

Hackers estão explorando a pandemia para invadir computadores e roubar dados

Autoridades do Reino Unido e EUA alertam sobre mensagens falsas