Apple doa US$15 milhões para ajudar no combate ao Covid-19
Créditos: Engadget

Apple doa US$15 milhões para ajudar no combate ao Covid-19

Empresa também decidiu fechar todas as suas lojas fora da China até o dia 27 de março

Devido à pandemia de Covid-19, a Apple tomou a decisão de fechar todas as suas lojas fora da China até o dia 27 de março. A empresa também revelou ter feito a doação de US$15 milhões para ajudar a tratar as pessoas doentes e também para diminuir os impactos econômicos e comunitários da doença.

A informação chegou através de uma nota online da empresa assinada por Tim Cook. O CEO da Apple começa explicando que "o Covid-19 está afetando todos nós" e que cada setor da sociedade está fazendo o que está ao seu alcance para continuar funcionando. Dessa forma, a Apple também tem o dever de fazer sua parte e anuncia publicamente o que está fazendo quanto a isso.

Build, maior evento da Microsoft, será
transmitido online em 2020 devido ao coronavírus

Para ampliar o conhecimento das pessoas sobre o Covid-d 19 e evitar desinformação, também criou uma nova seção online no site Apple News, com notícias verificadas sobre o assunto. Em relação ao suporte dado aos usuários e as novidades que chegam em desenvolvimento nos próximos anos, ela anuncia que a World Wide Developers Conference deste ano será totalmente online.

Sobre o fechamento das lojas, para atender a demanda de pessoas que podem procurá-la nos próximos meses, a empresa cita seus meios eletrônicos apple.com e support.apple.com e reforça que dará todo suporte necessário através dos sites. Para os seus funcionários, a companhia está mantendo escalas de trabalho flexíveis, permitindo o trabalho remoto de casa e no escritório estão sendo feitas checagens de temperatura e monitoramentos de saúde. Os salários serão mantidos de maneira invariável e também será dada atenção especial àquele que tiver algum ente da família afetado pela doença.

A Apple é uma das empresas mais valiosas do mundo ao lado de marcas como Google, Amazon, Microsoft. Segundo a Exame, o valor de marca da companhia foi avaliado em US$153,6 bilhões em 2019, com um crescimento de 5% no período de 2018/2019.

Fonte: Apple, Exame

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Além do coronavírus: drones realizam entregas e coletas de exames pelo mundo

Além do coronavírus: drones realizam entregas e coletas de exames pelo mundo

Iniciativa tem se popularizado em diversos países; tendência é de adesão cada vez maior


Hackers estão explorando a pandemia para invadir computadores e roubar dados

Hackers estão explorando a pandemia para invadir computadores e roubar dados

Autoridades do Reino Unido e EUA alertam sobre mensagens falsas


Adolescente cria um dos sites mais acessados do mundo sobre COVID-19

Adolescente cria um dos sites mais acessados do mundo sobre COVID-19

O garoto de 17 anos chegou a negar uma oferta de U$8 milhões por espaço publicitário no portal


Intel se compromete a investir US$ 50 milhões para combater a Covid-19

Intel se compromete a investir US$ 50 milhões para combater a Covid-19

Empresa buscará acelerar pesquisas científicas e facilitar acesso de tecnologias a pacientes


Vacina contra o Coronavírus financiada por Bill Gates está pronta para testes em humanos

Vacina contra o Coronavírus financiada por Bill Gates está pronta para testes em humanos

40 voluntários foram selecionados para os testes