Startup de realidade aumentada Magic Leap está à venda

Startup de realidade aumentada Magic Leap está à venda

Vendas fracas de headsets fazem empresa vender parte de seus negócios

A startup de realidade aumentada Magic Leap está buscando um comprador para adquirir pelo menos parte de seus negócios, de acordo com uma reportagem do Bloomberg. A decisão financeira aconteceu após as vendas fracas de seu primeiro headset para realidade aumentada (AR). De acordo com as notícias, a Magic Leap já teria conversado com o Facebook e a Johnson & Johnson para fazer negócios. 

Especialistas disseram que a empresa estaria negociando em um valor de até US$ 10 bilhões para venda. Caso não consiga vender a empresa completamente, a Magic Leap deve considerar uma parceria estratégica ou outro acordo com empresas do ramo de tecnologia.

Ainda de acordo com as informações, o Facebook chegou a ter uma reunião com a Magic Leap mas supostamente disse que não está interessado em comprá-la agora, recusando a oferta. No momento, a companhia da rede social está investindo em seu próprio dispositivo Oculus para funcionar com sua plataforma. A Johnson & Johnson se recusou a comentar sobre um possível acordo.

Outros possíveis investidores incluem NTT Docomo, AT&T e fundos de investimento na Arábia Saudita e Cingapura. A Magic Leap é uma das startups mais bem financiadas do mundo, com investidores como Google e Alibaba Group. A empresa conseguiu um financiamento de US$ 2,6 bilhões para desenvolver seu headset de realidade aumentada e está avaliada em até US$ 8 bilhões.

Em 2018 a empresa lançou o headset AR chamado Magic Leap One Creator Edition de US$ 2.300, um dispositivo com uma tela transparente que permite que objetos virtuais interajam com o mundo real. Depois ela apostou no Enterprise Suite de US$ 2.995, que incluía ferramentas, suporte, aplicativos compatíveis com AR e um fone Magic Leap 1 atualizado. Entretanto, a própria marca anunciou que vendeu apenas 6.000 do novo produto e agora está apostando em uma terceira versão de dispositivos AR enquanto busca compradores.

Via: Engadget
User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O fim do CANAL do RATO BORRACHUDO e o Dilema das Redes Sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.