GM apresenta plataforma de carros elétricos para competir com a Tesla
Créditos: Steve Fecht / General Motors

GM apresenta plataforma de carros elétricos para competir com a Tesla

Fabricante também anunciou investimento de U$20 bilhões no setor

A General Motors (GM), maior fabricante de carros dos Estados Unidos, apresentou sua estratégia para os próximos anos quando o assunto é veículos elétricos. Cerca de uma dúzia de produtos do setor foram apresentados em um evento que teve como um dos objetivos mostrar aos investidores quão determinada a empresa está em avançar no setor. 

Também foi um modo de a GM demonstrar que não vai entregar o mercado à Tesla e que está pronta para corresponder à altura. A indústria automobilística em geral sofre com incertezas com o coronavírus, ainda assim a Tesla fechou em alta com o valor de mercado de US$144 bilhões, mais de três vezes os US$45 bilhões da GM.

A E-bike é a nova bicicleta elétrica da Jeep
que roda até 64km com uma única carga

Entre os produtos apresentados, é dado um destaque especial à plataforma de veículos elétricos desenvolvida pela GM, ela é modular e traz melhorias significativas na bateria, chamada de Ultium. A ideia desta plataforma é servir como base para diversos tipos e formas de veículos, algo como a plataforma MEB apresentada pela Volkswagen.

Com uma importância enorme em carros elétricos, a bateria foi um dos pontos mais ressaltados durante a apresentação da GM. A fabricante adiciona alumínio à equação níquel, cobalto e magnésio, comumente utilizada nas baterias de carros elétricos. Também reduziu em 70% o uso de cobalto. Além disso, houve uma redução de 80% na quantidade de fiação da arquitetura do projeto elétrico da plataforma, algo que deve reduzir os custos com bateria.

Seguindo esses modelos, até 20 carros elétricos serão lançados pela GM até 2023, três desses serão revelados nos próximos meses, incluindo duas versões elétricas de Hummer em maio e o Cadillac Lyriq em abril.

Uma das empresas mais lembradas quando o assunto é carros elétricos, a Tesla segue forte no segmento, com autorização para iniciar sua expansão na Europa com a autorização de construir uma fábrica que ocupa 92 hectares.

Via: The Verge

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.