Medidas da China para conter coronavírus reduzem poluição drasticamente
Créditos: Sputniknews

Medidas da China para conter coronavírus reduzem poluição drasticamente

Imagens de satélite compartilhadas pela NASA mostram diminuição significativa na emissão de dióxido de nitrogênio

Desde a descoberta do novo coronavírus, Covid-19, no fim de dezembro do ano passado, foram tomadas inúmeras medidas para que o vírus não se espalhe, incluindo a ordem de que os seus cidadãos permaneçam dentro de casa. Essa ação, segundo a NASA, teve um impacto extremamente positivo na diminuição na emissão de poluentes.

No gráfico acima é possível ver que houve uma redução drástica e significativa de dióxido de nitrogênio (NO2). As imagens acima, geradas em parceria com a agência espacial europeia aponta essa mudança perceptível. Vale ressaltar que o vírus afetou grande parte da indústrias chinesas, assim muitas produções foram pausadas na país, afetando também a economia.

Estudante de astronomia descobriu 17 novos
planetas, sendo um quase do tamanho da Terra

O gráfico indica as concentrações de dióxido de nitrogênio emitidos não apenas por grandes indústrias, mas também veículos e usinas. O mapa à direita é do dia 20 de janeiro, antes de a China determinar quarentena e restringir o fluxo de pessoas. No dia 23 de janeiro o governo chinês impediu transportes de todos os tipos para Wuhan, cidade em que foi identificado o primeiro paciente com o Covid-19. Já o mapa direito é do dia 25 de janeiro, pouco depois das medidas tomadas para conter a transmissão do vírus.

Especialistas apontam que a redução de NO2 foi aparente primeiro em Wuhan e que depois se espalhou por todo o país. Foi uma das maiores quarentenas da história da humanidade, comenta Fei Liu, pesquisadora da NASA especialista em qualidade do ar. O que mais chama atenção, segundo ela, é a redução tão grande em uma área extremamente ampla para um evento específico. A pesquisadora lembra que em outros casos, como em 2008, a redução aconteceu mas foi gradativa e ficou bastante restrito às cidades em que o surto teve início.

Via: Tweaktown Fonte: NASA
User img

Neri Neto

O universo geek faz parte do dia a dia, da vida, deste jornalista. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neri Neto é responsável por conteúdos diversos no Mundo Conectado. Ele adora tecnologia, cinema, games e descobriu ainda na infância que a linguagem dos vídeos seria perfeita para falar de tudo que ama. Neri também fala bastante em terceira pessoa, gosta de descontrair e está sempre nas redes sociais.

O fim do CANAL do RATO BORRACHUDO e o Dilema das Redes Sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.