Sharp usará uma fábrica de TVs para produzir máscaras cirúrgicas em massa
Créditos: Sam Byford/The Verge

Sharp usará uma fábrica de TVs para produzir máscaras cirúrgicas em massa

Demanda pelas máscaras aumentou por causa do Coronavírus

A fabricante de eletrônicos Sharp anunciou hoje que que começará a fabricar máscaras cirúrgicas, que estão em alta demanda por causa do surto de Coronavírus, usando uma fábrica no centro do Japão usada geralmente para fabricação de TVs e painéis LCD.

18/02/2020 às 12:00
Artigo

Entenda o que é o Coronavírus e como ele pode afetar a indúst...

Empresas estão parando temporariamente sua produção para conter o vírus

A Sharp, que é de propriedade da Hon Hai Precision Industry Co., também conhecida como FoxConn, disse que a produção de máscaras em sua fábrica começará até o final deste mês, com 150.000 máscaras por dia e este número pode subir para até 500.000 por dia.

Telas para dispositivos eletrônicos são normalmente produzidas em fábricas "livres de germes" para atingir uma alta qualidade. Por causa disso, pequenas partículas não podem entrar no processo de fabricação e isso acaba tornando a fábrica um bom lugar para a produção de máscaras cirúrgicas.

Por causa do vírus, máscaras cirúrgicas são difíceis de encontrar nas prateleiras das lojas em muitos lugares. No Japão, longas filas se formam fora de algumas farmácias, mesmo antes de abrirem.

Sharp usará uma fábrica de TVs para produzir máscaras cirúrgicas em massa
Funcionários inspecionando máscaras em uma fábrica em Nagoya, no Japão (Foto de Takashi Uema)

O uso de máscaras cirúrgicas pelos japoneses é uma prática comum para evitar espalhar resfriados ou para aliviar suas alergias. Essa prática tem se tornado mais difundida desde o recente surto do novo Coronavírus (COVID-19).

Os compradores têm limpado prateleiras de lojas em busca de outros suprimentos que não são diretamente relacionados ao vírus, como papel higiênico e arroz. Por causa disso, muitas lojas começaram a limitar as quantidades por pessoa para evitar que seus estoques se esgotem rapidamente.

Continua após a publicidade

26/02/2020 às 10:47
Notícia

Primeira vacina contra o Coronavírus já está pronta para testes

Todo o processo de desenvolvimento da imunização levou apenas 42 dias

Em alguns países fora do Japão, onde máscaras são menos frequentemente vistas nas lojas, os vendedores têm aumentado os preços nos mercados online para ganhar dinheiro fácil.

A Sharp, com sede em Osaka, Japão, disse em um comunicado que espera contribuir para a sociedade produzindo as máscaras. Os preços, canais de vendas e outros detalhes ainda não foram definidos pela empresa.

As diretrizes da Organização Mundial da Saúde afirmam que pessoas saudáveis só devem usar máscaras se cuidarem de alguém com suspeita de ter sido infectado pelo Coronavírus, mas para pessoas com sintomas elas podem ajudar a retardar a propagação da doença. A Organização também recomenda lavar as mãos com frequência.

Fonte: TweakTown, The Verge, The Washington Post
User img

Fabio Rosolen

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.