Coronavírus: Google e Microsoft podem estar acelerando processo de fabricação fora da China
Créditos: Radii China

Coronavírus: Google e Microsoft podem estar acelerando processo de fabricação fora da China

As gigantes estariam investindo em fábricas no norte do Vietnã e na Tailândia

A economia chinesa está enfrentando um período bastante complicado graças a atual epidemia do coronavírus (Covid-19). Um exemplo recente são os indícios de que a Google e a Microsoft estão trabalhando assiduamente para tirar a sua produção da China.

26/02/2020 às 19:44
Notícia

Coronavírus pode atrasar o lançamento do próximo iPhone

Engenheiros da Apple não estariam na China para testar protótipos

As informações vem da Nikkei Asian Review. Segundo ela, o plano das duas gigantes é levar a produção de seus telefones, computadores pessoais e outros dispositivos da China para o Sudeste Asiático. Fábricas no Vietnã e na Tailândia são as maiores apostas.

Individualmente, a Google deve começar a produzir seu novo smartphone de baixo custo (possível Pixel 4A) no norte do Vietnã a partir de abril. Os boatos dizem que os esforços da empresa para sair da China começaram no ano passado, quando pediu a um de seus parceiros que preparasse uma antiga fábrica da Nokia na região do Vietnã para lidar com a produção de telefones Pixel. O Pixel 5 também deve ser fabricado por lá no segundo semestre de 2020.

Fontes não identificadas também relatam que a Google pediu a outro parceiro para ajudar as linhas de produção prontas na Tailândia. Nesse caso, elas seriam voltadas para produtos relacionados à casas inteligentes, como alto-falantes ativados. 

Já a Microsoft pretende dar início a produção de sua linha Surface também no norte do Vietnã - isso a partir do segundo trimestre de 2020, no mínimo. Segundo uma fonte que a Nikkei afirma ser "um executivo da cadeia de suprimentos com conhecimento direto do assunto":

Continua após a publicidade

 "O volume no Vietnã seria pequeno no começo, mas a produção aumentará e é essa a direção que a Microsoft deseja." - Fonte da Nikkei Asian Review.

No entanto, é importante lembrar que não há declarações oficiais da Google e da Microsoft para confirmar este relatório até então. A Microsoft negou comentários e a Google não respondeu ao pedido da Nikkei por mais informações.

Via: Gizmochina, Pplware
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O fim do CANAL do RATO BORRACHUDO e o Dilema das Redes Sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.