Huawei lança o dobrável Mate Xs com novo sistema de dobradiça e 5G
Créditos: Divulgação Huawei

Huawei lança o dobrável Mate Xs com novo sistema de dobradiça e 5G

Aparelho ganhou reforço no hardware com o Kirin 990

O cancelamento da Mobile World Congress por conta do COV19 não impediu a Huawei de realizar seu evento de lançamentos em Barcelona, e a empresa apresentou a nova geração de seu celular dobrável, o Huawei Mate Xs. O sucessor do Mate X traz melhorias no mecanismo de dobra da tela, hardware mais poderoso, suporte a conectividade 5G e, como se espera de um high-end com design inovador, um custo bastante elevado.

Começando pelo mecanismo de dobra, a Huawei evoluiu a dobradiça, aumentando de 100 para 150 peças utilizadas nesse movimento. A tela OLED com acabamento em plástico possui um display de 6,3 polegadas em um lado e 6,6 polegadas no outro, e quando está aberto oferece um display de 8 polegadas.

O aparelho conta com um módulo com três câmeras, atuando tanto como câmera traseira quanto frontal graças aos diversos modos do Mate Xs. A lente é desenvolvida em parceria com a Leica e combina uma grande-angular, uma teleobjetiva (a popular zoom) e uma ultra-grande-angular. Além delas, há um sensor ToF (time of flight) que atua calculando a profundidade dos objetos e tornando possível efeitos de desfoque do fundo, por exemplo.

Falando no hardware, o Kirin 990 é um SoC em 7nm que possui oito núcleos sendo dois de alto desempenho, os Cortex-A76, dois intermediários, também com dois Cortex-A76 porém em frequências mais baixas e quatro núcleos de baixo consumo, os Cortex-A55. Apesar de possuir um modem integrado com suporte ao 5G, o Kirin 990 não possui suporte às ondas milimétricas, um recurso relevante para algumas implementações que o 5G tornará possível. O Mate Xs ganhou um novo sistema de resfriamento baseado em grafeno que promete alta dissipação de calor mesmo com o corpo dobrável do aparelho.

Huawei pós-bloqueio
O aparelho chega com um "elefante na sala". Com a guerra comercial de Trump contra a China, a parceria com a Google foi bloqueada. Isso quer dizer que mesmo usando o Android, que é um software aberto, alguns serviços muito relevantes da plataforma ficam de fora, como a loja de aplicativos da própria Google e serviços como o Gmail e YouTube, que não vem embarcado no aparelho.

A Huawei afirma que está trabalhando pra evoluir seu próprio agregador de apps e serviços próprios, os HMS (Huawei Mobile Services), porém com vários desses softwares incorporados como essenciais na experiência com o sistema da Google, ainda está por vir uma análise do impacto que a EMUIU baseada no Android 10 terá para as vendas do aparelho.

Continua após a publicidade

Porém não é só o bloqueio americano que deve impedir a compra desse smartphone para diversos compradores: seu preço é bastante impeditivo. Ele foi anunciado por impressionantes 2.499 euros, alto até mesmo comparado a outros dispositivos como o Galaxy Fold, lançado na casa dos 2.050 euros.

Ficha Técnica

FabricanteHuawei
Site oficialLink

Display

Tamanho8" aberto, 6,6" e 6,3 fechado polegadas
Resolução2480 x 2200
TecnologiaOLED

Câmera

Traseira40MP + 16MP + 8MP
Vídeos[email protected], [email protected]
FrontalUsa câmera principal
DetalhesGrande-angular f/1.8, ultra-grande-angular f/2.2 e telefoto f/2.4

Especificações

Sistema OperacionalAndroid 10
ProcessadorHiSilicon Kirin 990 5G
Número de núcleos8
Clock2x2.86 GHz Cortex-A76 & 2x2.36 GHz Cortex-A76 & 4x1.95 GHz Cortex-A55
GPUMali-G76 MP16
Memória RAM8 GB
Armazenamento interno512 GB
Cartão microSDaté 256GB
Bateria4500 mAh
Dimensões146.2 x 161.3 x 5.4 (aberto) 78.5 x 161.3 x 5.4 (fechado) mm
Peso300 g
Portas de conexãoUSB tipo-C
REDE5G (sem suporte a ondas milimétricas)
Tipo de cartão SIMNano SIM

Recursos

Leitor de DigitalSIM
ResistênciaNÃO
RadioNÃO
Bluetooth5.0
Carregamento sem fioNÃO
NFCSIM
GPSSIM
ExtrasEMUI 10

Fonte: Huawei
User img

Diego Kerber

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.