Veja o vídeo sobre como a Unreal Engine criou sets digitais para The Mandalorian
Créditos: Divulgação Disney+

Veja o vídeo sobre como a Unreal Engine criou sets digitais para The Mandalorian

Com a tecnologia inédita os atores enxergam os cenários ao invés de interagir com fundos verdes

Epic Games e a equipe de produção da série The Mandalorian fizeram uma parceria inédita que mudou completamente a forma como a série utilizou efeitos visuais. Durante a gravação da primeira temporada da série, o time responsável pelos efeitos visuais criou cenários digitais usando a Unreal Engine, ferramenta que pertence a Epic Games e foi usada para jogos importantes da própria Epic (como Fortnite e vários games da série Gears of War) e de outros desenvolvedores (como Street Fighter V e Tekken 7).

Esses cenários digitais mudaram completamente a relação da criação dos efeitos digitais com a gravação "live action" da série. Você já deve ter visto cenas como essa que está aqui em embaixo, de atores gravando em frente a um fundo verde de chroma key. Possivelmente já até ouviu sobre como muito atores acham complicado atuar com elas, sem enxergar os cenários com que deveriam estar interagindo.

O que aconteceu dessa vez foi que o time de efeitos visuais criou cenários tridimensionais com modelos iguais aos usados em games, e renderizados por GPUs da Nvidia antes das gravações, invertendo a ordem que normalmente se segue, de gravar antes e inserir os efeitos depois. Esses modelos eram projetados em uma parede semicircular de mais de 6 metros, permitindo que os atores enxergassem o ambiente com o qual tinham de interagir.

21/11/2019 às 10:50
Notícia

Disney+ e The Mandalorian geram crescimento na pirataria

Lançamento limitado do serviço fez muitas pessoas vestirem o tapa-olho para ver série exclusiva

Os responsáveis pela criação dos efeitos computadorizados foram profissionais da Industrial Light & Magic (ILM), que por acaso é a empresa de efeitos especiais criada por George Lucas especialmente para a criação dos efeitos de Star Wars, franquia da qual The Mandalorian também faz parte. 

A equipe envolvida no projeto disse que o novo método pode ser revolucionário para a criação de efeitos especiais para séries, já que além de ajudar os atores também permite que os cenários sejam alterados em menos de uma hora, corta custos de pós-produção e fica muito bem "camuflada" na tela para que não seja perceptível a quem está assistindo. A ILM deve vai passar a oferecer comercialmente essa nova técnica em breve. Para saber detalhes de como ela foi usada em The Mandalorian veja o vídeo abaixo:

Via: Engadget Fonte: YouTube da ILM
User img

Vinícius Bressan

O fim do CANAL do RATO BORRACHUDO e o Dilema das Redes Sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.