Project Proton: Novos óculos de realidade virtual da HTC menores e com visual mais moderno
Créditos: HTC

Project Proton: Novos óculos de realidade virtual da HTC menores e com visual mais moderno

Protótipos ainda estão em desenvolvimento e algumas imagens renderizadas foram divulgadas pela empresa

Enquanto a HTC está apostando seu futuro VR no modular Vive Cosmos por enquanto, ela também tem trabalhado em novos modelos de última geração conhecidos pelo codinome “Project Proton”. O CEO da empresa, Yves Maitre, disse que eles serão mais similares a óculos normais

A julgar pelas imagens renderizadas abaixo, parece que a empresa ainda tem um longo caminho a percorrer até que eles sejam mesmo mais similares a óculos normais. Mesmo assim, as imagens parecem indicar que eles já são mais compactos do que muitos dispositivos de realidade virtual disponíveis atualmente.

12/09/2019 às 12:25
Notícia

HTC Vive Cosmos chega às lojas em outubro prometendo um grand...

A HTC aposta em novos sensores e em um aumento de resolução para garantir uma ótima experiência na re...

Em uma nota enviada ao site Engadget, um representante da HTC disse que "o Project Proton é um protótipo de um futuro óculos XR da HTC Vive e esperamos ouvir feedback da comunidade à medida que continuamos a trabalhar no produto".

Não temos absolutamente nenhuma informação sobre as especificações, mas o Project Proton confirma a intenção da HTC de mudar o foco para casos de uso de realidade mista, bem como adicionar conectividade 5G - seja interna ou externa - aos seus futuros dispositivos.


O Project Proton cobre dois fatores de forma: um dispositivo “tudo-em-um” que o site chama de "Proton AIO", por enquanto, e um dispositivo "tudo-em-dois" que que ele chama de "Proton Glass".

Ao olhar mais atentamente, ambos parecem apresentar câmeras frontais que provavelmente são usadas para rastreamento de dentro para fora, embora também seja possível que elas sejam usadas para visão passthrough do mundo exterior. Os visores parecem ser bem finos finas, o que pode ser uma indicação de que eles serão bem mais leves do que os dispositivos atuais. Dito isso, não está claro quanto impacto isso terá no campo de visão.

Ao contrário do Vive Focus, a unidade de processamento do Proton AIO parece estar alojada na parte de trás da alça da cabeça, o que reduz ainda mais o tamanho do visor ao mesmo tempo em que oferece uma melhor distribuição de peso. Há também dois dongles que são provavelmente fones de ouvido que pairam sobre seus ouvidos. 

Quanto ao Proton Glass, ele foi projetado para ser alimentado por um módulo de processamento externo, como um smartphone, e se assemelha mais a óculos com moldura (muito) grossa.

Continua após a publicidade
Fonte: Engadget
User img

Fabio Rosolen

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.