Celular lançado no Japão não deixa tirar fotos de nudes
Créditos: Tone

Celular lançado no Japão não deixa tirar fotos de nudes

Celular Tone e20 usa inteligência artificial para bloquear este tipo de imagem

Muitos adultos costumam tirar fotos de seus corpos nus e enviá-las para seus parceiros/parceiras. Um estudo realizado em 2014 mostrou que pouco menos de 50% dos adultos americanos já enviaram fotos nuas (ou vídeos). 

Agora a empresa japonesa Tone afirma ter desenvolvido o primeiro smartphone do mundo chamado Tone e20 que irá usar "o poder da inteligência artificial" para detectar e bloquear automaticamente o envio de imagens deste tipo no dispositivo. De acordo com a empresa, o algoritmo de detecção de imagens do aparelho funciona em fotos e vídeos. 

O Tone e20 vem com o sistema operacional Android 9, possui tela de 6,26 polegadas com resolução de 1520 x 720 e vem equipado com chip com oito núcleos e clock de 2GHz, 64GB de capacidade para armazenamento, 4GB de memória RAM, três câmeras traseiras (13MP, 12MP e 2MP) e uma câmera frontal de 8MP para selfies.

O destaque mesmo do aparelho é o software Smartphone Protection, que usa a inteligência artificial para bloquear a captura/envio de nudes. Se você tirar uma foto e o algoritmo de processamento de imagens do telefone suspeitar que é um nude, ele vai impedir que essa foto seja salva no aparelho.

Celular lançado no Japão não deixa tirar fotos de nudes

O recurso visa proteger jovens no Japão, evitando que tirem fotos que possam fazer com que outros se aproveitem disso – por exemplo, uma foto deste tipo pode ser usada para chantagear uma jovem que terminou o relacionamento com seu namorado.

O e20 também pode se conectar ao telefone de outra pessoa para que ele possa alertar um pai ou responsável se seu filho tentar tirar uma foto inapropriada. O novo celular da Tone está disponível somente no mercado japonês por 19.800 ienes (cerca de US$ 180).

Celular lançado no Japão não deixa tirar fotos de nudes

Fonte: CNet
User img

Fabio Rosolen

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.