Apple relata que Coronavírus deve impedir que atinja a meta de faturamento
Créditos: Jagath Kelum Dissanayake

Apple relata que Coronavírus deve impedir que atinja a meta de faturamento

Empresa informa que a situação na China reduziu a expectativa para esse trimestre

A Apple divulgou hoje um comunicado prevendo que as metas de faturamento que tinham sido informadas antes não vão ser atingidas, e que isso está ligado ao surto do coronavírus COVID-19. Essa meta se refere à receita da empresa durante o 1º trimestre deste ano, que termina no final de março. A estimativa que havia sido divulgada em janeiro era de que a Apple arrecadaria de 63 a 67 bilhões de dólares nestes três primeiros meses do ano, e a mensagem divulgada agora diz que "nós não temos expectativa de atingir os objetivos de receita que fornecemos para o trimestre de março".

Segundo a Apple, o surto desse coronavírus afetou o faturamento da companhia de duas formas principais. A primeira forma foi restringindo a cadeia de produção de iPhones, já que muitas das fábricas que manufaturam os celulares da Apple ficam na China. Vale mencionar que nenhuma dessas fábricas parceiras da multinacional fica na província de Hubei, região onde o surto se originou e que está em situação mais grave. Algumas das fábricas que produzem os iPhones chegaram a ser fechadas, mas segundo a empresa "todas essas instalações foram reabertas". Apesar disso, a Apple alegou que a operação está demorando mais do que o esperado para voltar a produzir em capacidade máxima.

18/02/2020 às 12:00
Artigo

Entenda o que é o Coronavírus e como ele pode afetar a indúst...

Empresas estão parando temporariamente sua produção para conter o vírus

A outra forma de impacto que o coronavírus COVID-19 teve nas operações da Apple foi com a queda de demanda na China, que também é um dos maiores mercados consumidores da empresa. Isso porque todas as lojas Apple do país foram fechadas, assim como boa parte das lojas parceiras, que vendem produtos da marca. Mesmo nas lojas parceiras que estão abertas, a companhia relata que o horário de funcionamento está reduzido e que o movimento de consumidores é baixo. Segundo o comunicado, as lojas estão sendo reabertas da forma mais gradual e segura possível.

Na parte final do texto, que é direcionado para os investidores da empresa, a Apple afirmou que vai trazer mais informações sobre os negócios da empresa em abril. A mensagem faz questão de frisar que "A Apple é fundamentalmente forte, e que essa perturbação nos nossos negócios é apenas temporária", em uma tentativa clara de evitar que os investidores levantassem dúvidas sobre a saúde financeira da corporação.     

      

Via: The Wrap Fonte: Site da Apple, Sérgio Franco Medicina Diagnóstica
User img

Vinícius Bressan

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.