Relatórios mostram quais serão os efeitos do coronavírus na indústria de tecnologia
Créditos: Olhar Digital

Relatórios mostram quais serão os efeitos do coronavírus na indústria de tecnologia

A TrendForce espera queda em vários setores por causa das mudanças no mercado chinês

A TrendForce, empresa de análise de mercado, divulgou um novo levantamento que mostra o possível impacto do coronavírus no mercado de tecnologia mundial. De acordo com os dados, o setor que deve sofrer mais durante o primeiro trimestre de 2020 é o de relógios inteligentes, seguido dos notebooks e smart speakers.

18/02/2020 às 12:00
Artigo

Entenda o que é o Coronavírus e como ele pode afetar a indúst...

Empresas estão parando temporariamente sua produção para conter o vírus

Por causa das mudanças no mercado chinês, as vendas de smartwatches devem cair até 16%, enquanto notebooks devem sofrer uma queda de 12,3%. Passando para smartphones, a expectativa era que 307 milhões de aparelhos fossem produzidos nesse primeiro trimestre. Porém, esse número deve diminuir para 275 milhões até março (queda de 10,4%), de acordo com a análise de mercado. 

Quatro das maiores fabricantes de smartphones chinesas (Huawei, Oppo, Vivo e Xiaomi) devem perder cerca de 15,2% do total de seus embarques trimestrais, e a principal montadora de iPhones da Apple, a Foxconn, também está tendo problemas nos níveis de produção. Além disso, os chips 5G provavelmente não terão um aumento de circulação significativo até o último trimestre do ano - isso tudo de acordo com uma segunda pesquisa publicada pelo DigiTimes.

Outro setor que deve sofrer as consequências do vírus é o dos consoles. A TrendForce espera uma queda de 10,1% nas vendas ( de 6,9 milhões para 6,2 milhões), e analistas acreditam que o surto do coronavírus pelo mundo irá causar problemas para o lançamento dos consoles da próxima geração, o PlayStation 5 e o Xbox Series X.

12/02/2020 às 16:19
Notícia

MWC 2020 é cancelada devido ao coronavírus e desistência de v...

A Mobile World Congress é a maior feira anual da indústria de smartphones

Continua após a publicidade

Ainda segundo a TrendForce, as empresas chinesas estão sentindo os efeitos das quarentenas e pausas de produção, mas os produtos estocados tem ajudado a segurar a demanda de mercado atual. No entanto, a tendência da situação é piorar.

De acordo com a pesquisa do DigiTimes,  as empresas de design de circuitos integrados (IC) na China e em Taiwan terão um grande impacto negativo em suas receitas no primeiro trimestre de 2020. O setor de semicondutores pode não cair mais do que o esperano até março, mas as receitas começarão a enfraquecer de fato no segundo trimestre.

A produção de baterias voltadas para aplicações IT, que está bastante concentrada na China, também está sofrendo grandes impactos devido à epidemia, e outros produtos (monitores, memórias, etc.) devem ter um aumento de preços nos próximos meses. Aqui no Brasil, marcas como a Samsung também já anunciaram que vão diminuir o fluxo de montagem de dispositivos, pois as peças não estão chegando. 

Via: DigiTimes, Tomshardware, 9to5mac, guru3d, Adrenaline
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.