Huawei nega acusação de espionagem feita pelos EUA e rebate com caso Snowden
Créditos: Huawei/ Reprodução

Huawei nega acusação de espionagem feita pelos EUA e rebate com caso Snowden

A empresa resalta que o governo americano vigiou sua população e outros países “por décadas”

A guerra disputada entre Estados Unidos e Huawei aparentemente está longe do fim. No mais recente capítulo desta queda de braço, a gigante chinesa rebateu declarações do governo americano, que acusou a companhia de espionagem. Além de negar tal informação, a multinacional ressaltou que é o governo dos EUA quem possui conhecido histórico de monitoramento e obtenção de dados.

31/01/2020 às 17:32
Notícia

Huawei passa Apple e se torna a segunda maior fabricante de s...

Em paralelo, a empresa da maçã conquistou uma boa vantagem nas vendas trimestrais de 2019

A Huawei lembrou que o caso Snowden revelou, em 2013, diversos programas de vigilância usados pelos Estados Unidos para espionar seus cidadãos e até mesmo outros países. A companhia mencionou ainda reportagem do Washington Post, que mostrou como a Agência Central de Inteligência (CIA) usou uma empresa de criptografia chamada Crypto AG para espionar outras nações “por décadas”.

As declarações da chinesa vêm depois de o The Wall Street Journal ter revelado que autoridades americanas disseram ter evidências de que a Huawei tem a capacidade de acessar secretamente informações pessoais e sensíveis em sistemas. O governo de Donald Trump alega que a chinesa armazena e vende estes dados, no entanto, ainda não tornou públicas as supostas provas que possui.

A Huawei afirma ainda que, caso os EUA encontrem qualquer indício de irregularidade, que divulgue as evidências “em vez de usar a mídia para espalhar boatos”.

Via: Ars Technica
User img

Gabriel Tagarro

Formado em jornalismo pela Universidade Castelo Branco, é apaixonado por games desde 1994, quando ganhou um Master System. Joga de tudo um pouco, seja no PC ou no console. Ama tecnologia e escreve com prazer sobre tudo que a envolve.

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.