WhatsApp alcança a impressionante marca de 2 bilhões de usuários no mundo
Créditos: Shutterstock

WhatsApp alcança a impressionante marca de 2 bilhões de usuários no mundo

Aplicativo se une ao Facebook e se torna o segundo serviço a atingir o feito

O WhatsApp alcançou a impressionante marca de 2 bilhões de usuários globalmente, mantendo o título de aplicativo de mensagens mais popular do mundo. O serviço é o segundo no mundo a atingir o feito, perdendo apenas para sua dona, a rede social Facebook, que contabiliza cerca de 2,5 bilhões de users mundialmente.

A novidade foi revelada por meio do blog do aplicativo. Na publicação, os responsáveis pelo WhatsApp comentaram sobre o crescimento do app e a importância de compartilhar mensagens de maneira segura, fazendo referência à criptografia de ponta a ponta presente no serviço.

Apesar de ainda estar atrás do Facebook, o número alcançado pelo WhatsApp impressiona pelo rápido crescimento do app, que possuía 1,5 bilhão de usuários há dois anos. Diferente da rede social de Mark Zuckerberg, que está disponível desde sua fundação em 2004 e com uma versão para desktop, o WhatsApp surgiu no mercado em 2009 com foco nos dispositivos móveis.

Vale destacar que o aplicativo até possui uma versão que funciona no computador, o WhatsApp Web, mas o usuário ainda deve baixar o app no celular para conseguir utilizar a edição de desktop.

Nada de anúncios e foco em privacidade

Outro aspecto interessante do WhatsApp é a ausência de anúncios, o que torna o serviço bastante diferente do Facebook. Enquanto a monetização do app acontecia por meio da cobrança de uma taxa no passado, o serviço passou a ser totalmente gratuito após ser adquirido pela empresa de Mark Zuckerberg, que pagou US$ 19 bilhões pela plataforma há seis anos.


(Imagem: ComputerWorld/Reprodução)

Atualmente, o Facebook está trabalhando em formas de monetizar o app, mas tudo indica que isso será feito por meio de serviços especiais voltados para o segmento corporativo. Ainda assim, o foco do WhatsApp para o usuário final continua em ser uma plataforma simples e segura para a troca de mensagens, pelo menos é o que a companhia promete em seu blog.

"O WhatsApp nasceu com o objetivo de oferecer um serviço simples, confiável e privado", diz o comunicado da empresa. "Continuaremos com o mesmo compromisso inicial: ajudar a conectar o mundo com privacidade e proteger a comunicação pessoal de 2 bilhões de usuários em todo o mundo."

O WhatsApp está disponível para download no Android e iOS.

Via: TechCrunch Fonte: WhatsApp
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

AnandTech acusa Mediatek de trapacear em benchmarks

AnandTech acusa Mediatek de trapacear em benchmarks

Essa é a primeira fabricante de chips acusada de enganar usuários de maneira sistemática


Novos tablets Samsung Galaxy devem ser tão grandes quanto o iPad Pro

Novos tablets Samsung Galaxy devem ser tão grandes quanto o iPad Pro

Dispositivos Android devem vir com display nas opções de 12,4" e 11"


Specs do Google Pixel 4a aparecem em vazamento: tela de 5,8'' e Snapdragon 730

Specs do Google Pixel 4a aparecem em vazamento: tela de 5,8'' e Snapdragon 730

Nova geração do celular intermediário feito pela própria Google deve chegar em breve


Todas as especificações do OnePlus 8 e OnePlus 8 Pro aparecem em novo vazamento

Todas as especificações do OnePlus 8 e OnePlus 8 Pro aparecem em novo vazamento

Informações vêm de fonte que já acertou antes e revelam também nova cor Interstellar Glow


Dessa vez vai: Xiaomi Mi A3 começa a receber atualização com Android 10 estável

Dessa vez vai: Xiaomi Mi A3 começa a receber atualização com Android 10 estável

É a terceira tentativa da Xiaomi em atualizar a ROM desses aparelhos