Pilotar drone em lavouras rende salário de até R$ 12 mil no Brasil
Créditos: ITARC

Pilotar drone em lavouras rende salário de até R$ 12 mil no Brasil

Uso deste tipo de equipamento para pulverização aumentou a demanda por mão de obra especializada

De acordo com dados recentes, o uso de drones no Brasil para aplicação de defensivos agrícolas de origem química e biológica em lavouras vem aumentando. Os motivos para isso incluem a agilização dos trabalhos e o acesso a locais mais difíceis.

17/01/2020 às 13:48
Notícia

Mauritânia usará drones para combater gafanhotos do deserto

Gafanhoto do deserto é descrito como a praga migratória mais perigosa do mundo

De acordo com o engenheiro agrônomo Márion Henry Ribeiro Dantas, embora os drones tenham chegado há pouco tempo, eles formam bem aceitos pelos produtores e a demanda por este tipo de serviço vem apresentando um bom crescimento.

O uso de drones possibilita a pulverização em áreas onde não seria possível entrar com um trator, por exemplo. Outro cenário de uso envolve áreas onde é necessário fazer uma pulverização direcionada que não seria possível com um avião.

Outro fator importante sobre o uso de drones é a segurança, já que quase não há contato do piloto do drone com o produto utilizado e a pulverização mais direcionada reduz o risco do produto se espalhar com o vento.

Pilotar drone em lavouras rende salário de até R$ 12 mil no Brasil

Para produtores interessados na adoção de drones para pulverização, o engenheiro agrônomo recomenda que eles procurem por empresas regulamentadas e com experiência na área. Elas também devem ter pilotos registrados na ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e seus drones também devem ser regulamentados. Outra opção mencionada por ele é a aquisição do equipamento e a qualificação da mão de obra na fazenda onde ele será utilizado.

Quem estiver interessado em ser piloto de drones deve procurar por cursos e treinamentos com foco em seu uso na agricultura, como a aplicação de defensivos agrícolas. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), por exemplo, já oferece este tipo de treinamento. 

Com o crescimento do mercado para pilotos deste tipo de equipamento, a variação dos salários vai de R$ 1,5 mil até R$ 12 mil por mês na região central do Brasil – dependendo do tipo do drone e das aplicações.

Fonte: Canal Rural
User img

Fabio Rosolen

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Drone que leva pessoa e faz acrobacias é controlado remotamente - Veja vídeo

Drone que leva pessoa e faz acrobacias é controlado remotamente - Veja vídeo

Ele foi construído para promover o jogo Drone Champions League


Parrot anuncia parceria com empresa de apps para colocar IA nos drones ANAFI

Parrot anuncia parceria com empresa de apps para colocar IA nos drones ANAFI

Novidade promete trazer mais usos corporativos para os dispositivos da marca


DJI Drone-to-Phone Remote ID mostra localização de drones em tempo real no celular

DJI Drone-to-Phone Remote ID mostra localização de drones em tempo real no celular

Drone-To-Phone disponibiliza informações sobre o registro do drone e localização do piloto


Ano novo em Sydney terá drones no lugar de fogos de artifício

Ano novo em Sydney terá drones no lugar de fogos de artifício

Proposta surgiu para evitar incêndios na cidade australiana


Nova funcionalidade permite que drones façam missões de reconhecimento autônomas

Nova funcionalidade permite que drones façam missões de reconhecimento autônomas

A configuração Scoutonomy permite que os drones da Exyn operem sem comunicação com piloto ou GPS