Chuva vai se tornar uma fonte altamente eficaz de energia em breve
Créditos: Utah Simphony

Chuva vai se tornar uma fonte altamente eficaz de energia em breve

Uma única gota de água poderá acender 100 lâmpadas de LED

Já houveram diversas tentativas de usar a chuva como fonte de energia, mas talvez estejamos mais perto de conseguir do que nunca. Um grupo de pesquisadores da CityU (City University of Hong Kong) desenvolveu um gerador de eletricidade no estilo transistor de efeito de campo que consegue, através das gotas de água, produzir uma voltagem bastante alta instantaneamente. Essa estrutura também pode ser chamada de DEG (gerador de eletricidade baseado em gotículas ).

De acordo com os testes, uma única gota de água pode gerar até 140V - energia suficiente para acender 100 lâmpadas de LED. Os cientistas também afirmaram que, sem essa nova estrutura, eles produziam "milhares" de vezes menos densidade de potência instantânea - não temos números exatos para quantificar esses "milhares".

28/01/2020 às 15:26
Notícia

Produção de carbono do mercado gamer equivale a 85 milhões de...

Cada Xbox One X, por exemplo, produz mais de uma tonelada do poluente em oito anos

"Para melhorar a eficiência da conversão, a equipe de pesquisa passou dois anos desenvolvendo o DEG. Sua densidade instantânea de energia pode atingir até 50,1 W/m2, milhares de vezes superior a outros dispositivos similares sem o uso de um design semelhante ao FET [transistor de efeito de campo]. E a eficiência de conversão de energia é notavelmente mais alta." - Trecho da publicação do Science Daily.

Para produzir isso, o novo projeto combina um eletrodo de alumínio com um eletrodo de óxido de índio e estanho em camadas com PTFE, um material que tem carga elétrica "quase permanente". Quando a gota cai na superfície, ela liga os eletrodos e cria um circuito em loop fechado. Se a chuva for contínua, a carga se acumula e, eventualmente, também satura.

 "A energia cinética envolvida na queda de água é devida à gravidade e pode ser considerada livre e renovável. Deve ser melhor utilizada." - Wang Zuankai, um dos professores-líderes da pesquisa.

A descoberta foi publicada na última edição da revista Nature.

Via: Engadget, Sience Daily
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.