Apple é multada em US$ 27,5 milhões por desacelerar iPhones antigos

Apple é multada em US$ 27,5 milhões por desacelerar iPhones antigos

Empresa foi acusada de limitar baterias dos dispositivos

Apple foi multada em 25 milhões de euros (US$ 27,4 milhões) por desacelerar o uso de bateria de iPhones no passado. A ação foi iniciada oficialmente em janeiro de 2018 pelo DGCCRF (agência francesa de vigilância contra fraudes de consumidores), órgão do Ministério da Economia da França. O grupo francês de direitos do consumidor HOP (Stop Planned Obsolescence) foi o responsável por inicialmente solicitar a investigação.

06/05/2019 às 12:07
Notícia

Apple é acusada de exagerar a estimativa da duração de bateri...

Um estudo feito no Reino Unido aponta que a fabricante aumenta os números em até 51%

A Apple concordou em pagar o valor imposto na multa, o que resultou em "uma vitória histórica para os consumidores e para o meio ambiente", de acordo com o HOP. O grupo ainda está considerando abrir ações adicionais contra a fabricante do iPhone por danos em nome dos clientes franceses da marca.

A multa de 25 milhões de euros é igual a cerca de US$ 1 por iPhone do lote afetado que foi vendido na França. Em 2018, a Apple admitiu que os modelos iPhone 6 e iPhone 6s foram limitados propositalmente pela empresa, o que resultou em 11 milhões de iPhones com novas baterias, parte do programa de substituição de bateria com desconto da própria empresa em 2018. 

"Nosso objetivo sempre foi criar produtos seguros apreciados por nossos clientes, e tornar os iPhones o mais duradouros possível é uma parte importante disso", declarou a Apple.

06/02/2020 às 13:50
Notícia

Apple pode transformar iPhones em chaves de carros na próxima...

O iOS 13.4 pode trazer a função CarKey, que controla carros sem precisar da chave

A França não foi a única a processar a Apple pelo escândalo da limitação de iPhones. Países como Coreia do Sul, Itália e, obviamente, os Estados Unidos também iniciaram uma ação contra a empresa. As medidas para reduzir a demanda de energia em seus smartphones chegaram a afetar o desempenho. Entretanto, foi após a limitação proposital de bateria que a Apple introduziu ferramentas de monitoramento de autonomia, por exemplo.

Fonte: Phone Arena
User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

XBOX SERIES X/S em MÃOS! Veja como são OS CONSOLES da NOVA GERAÇÃO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.