Twitter começará a identificar fotos manipuladas e deepfakes
Créditos: Getty Images

Twitter começará a identificar fotos manipuladas e deepfakes

Medida visa ajudar a impedir que notícias falsas se espalhem no serviço de microblog

Como uma tentativa de impedir que notícias falsas se espalhem, o Twitter logo começará a rotular conteúdo enganoso. Isso inclui fotos "enganosamente editadas", vídeos deepfake e conteúdo manipulado que poderia causar "danos à segurança física, agitação civil generalizada, supressão de eleitores ou riscos de privacidade".

25/09/2019 às 15:41
Notícia

Google cria base de dados com 3 mil deepfakes para ajudar a c...

Com a medida, a empresa auxilia na criação de ferramentas anti-deepfakes

Para quem não sabe, o termo “deepfake” combina as palavras "deep learning" e "fake" e é usado para descrever uma técnica que combina imagens e sons usando inteligência artificial para criar situações falsas. Um exemplo disso é quando uma atriz famosa tem seu rosto colocado sobre o rosto de outra em um vídeo pornográfico para causar constrangimento.

De acordo com a Reuters, os esforços do Twitter vêm antes das eleições presidenciais de 2020. Com as eleições se aproximando, espera-se que haja muito conteúdo manipulado e deepfakes destinados a enganar o público e influenciar os eleitores. Em última análise, isso pode mudar o resultado das eleições. Vídeos deepfake são provavelmente o maior problema porque eles podem fazer parecer que alguém disse algo que não devia. O avanço da tecnologia também torna cada vez mais difícil a identificação de um vídeo deeepfake, como é possível ver no exemplo da Bloomberg.

Com a nova política do Twitter, o serviço de microblog aplicará o rótulo “Falso” em conteúdo identificado como manipulado. Isso inclui "quaisquer fotos ou vídeos que tenham sido 'significativamente e enganosamente alterados ou fabricados'", de acordo com informações da Reuters.

Yoel Roth, do Twitter, disse que o foco com esta nova política “é olhar para o resultado, não como ele foi alcançado”. Ele acrescentou que "o conteúdo poderá ser removido se o texto no tweet ou outros sinais contextuais sugerirem que ele provavelmente poderia causar danos".

As mídias sociais têm enfrentado muita pressão quando se trata de combater conteúdo falso e enganoso. Todas parecem estar lidando com isso de forma diferente. 

Por exemplo, o Facebook disse que removeria deepfakes e alguns outros vídeos manipulados, mas não todos eles. "Conteúdo satírico" supostamente permanecerá na plataforma, juntamente com vídeos editados "apenas para omitir ou alterar a ordem das palavras". O Instagram rotula conteúdo falso, mas o remove apenas das páginas Explorar e hashtag. Em alguns casos isto inclui manipulações criativas e artísticas de fotos.
 

Fonte: DIYPhotography
User img

Fabio Rosolen

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.