Huawei, Oppo, Vivo e Xiaomi unem forças para competir com a Google Play Store
Créditos: Phonandroid

Huawei, Oppo, Vivo e Xiaomi unem forças para competir com a Google Play Store

Elas estão trabalhando na plataforma que é conhecida como Global Developer Service Alliance (GDSA)

De acordo com informações recentes, a Huawei, Oppo, Vivo e Xiaomi – todas fabricantes chinesas de smartphones – estão se unindo para desenvolver uma plataforma que permitirá que desenvolvedores fora da China ofereçam seus apps nas lojas destas empresas simultaneamente, em um esforço para competir melhor com a Google Play Store.

31/01/2020 às 08:35
Notícia

Executivo da Huawei diz que empresa não irá voltar com o Goog...

Atualmente companhia está focada em seu próprio serviço, o Huawei Mobile Services

As quatro empresas chinesas estão trabalhando na plataforma que é conhecida como Global Developer Service Alliance (GDSA). A plataforma tem como objetivo facilitar para os desenvolvedores de jogos e outros aplicativos a comercialização de seus aplicativos em mercados no exterior. Isto também deve facilitar a comercialização de músicas e filmes nas lojas de aplicativos das quatro empresas envolvidas.

Fontes da agência de notícias Reuters disseram que o plano original previa o lançamento da GDSA em março deste ano, mas ainda não está claro se isto será afetado pelo recente surto do Coronavírus. O site da GDSA diz que a plataforma cobrirá inicialmente nove regiões, incluindo Índia, Indonésia e Rússia.

05/01/2020 às 16:42
Notícia

Xiaomi diz que já está se preparando financeiramente caso sej...

Até agora, apenas a Huawei foi banida do território estadunidense

A Oppo e a Vivo são de propriedade da fabricante chinesa BBK Electronics. A Oppo, Vivo e Xiaomi confirmaram que desenvolveram conjuntamente a GDSA como uma forma de enviar aplicativos para suas lojas simultaneamente.

Um porta-voz da Xiaomi disse que a aliança não tinha a intenção de desafiar o Google e negou o envolvimento da Huawei com ela. Já a Oppo e a Vivo não fizeram nenhuma menção à Huawei em suas declarações. A Huawei se recusou a comentar sobre o assunto.

Huawei, Oppo, Vivo e Xiaomi unem forças para competir com a Google Play Store

Continua após a publicidade

"Ao formar essa aliança, cada empresa buscará tirar proveito das vantagens das outras em diferentes regiões, com a forte base de usuários da Xiaomi na Índia, Vivo e Oppo no Sudeste Asiático e Huawei na Europa", disse Nicole Peng, vice-presidente de mobilidade da Canalys.

29/11/2019 às 15:59
Notícia

Huawei processará FCC por veto a acesso a subsídios federais

Agência dos EUA considera a chinesa uma “ameaça à segurança nacional”

Juntas, as quatro empresas foram responsáveis por 40,1% das remessas globais de smartphones no quarto trimestre de 2019, segundo a consultoria IDC. Enquanto Oppo, Vivo e Xiaomi têm acesso total aos serviços do Google nos mercados internacionais, a Huawei perdeu o acesso aos serviços para novos dispositivos no ano passado depois que os Estados Unidos impediram fornecedores americanos de vender bens e serviços para a empresa chinesa, citando questões de segurança nacional.

A Huawei também está se afastando do Google desenvolvendo seu próprio Harmony OS como uma alternativa ao Android. O site da GDSA inclui o logotipo do Wanka Online, uma plataforma de "ecossistema" Android em Hong Kong. A Wanka se recusou a confirmar seu envolvimento.

A GDSA pode ser capaz de atrair alguns desenvolvedores de aplicativos, fornecendo mais exposição do que a já lotada Play Store, e a nova plataforma poderia fornecer melhores incentivos monetários, disseram analistas.

Fonte: Reuters
User img

Fabio Rosolen

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.