Huawei estuda construir base de produção 5G na Europa

Huawei estuda construir base de produção 5G na Europa

De acordo com representante da empresa na UE, o processo já está em andamento

A Huawei está estudando estabelecer uma base de produção 5G na Europa para melhorar a confiança da região na segurança de seus equipamentos. As informações são da Agência de Notícias Xinhua, da China, que relata que a empresa teve essa decisão uma semana após o governo do Reino Unido liberar o fornecimento de equipamentos para redes 5G.

Abraham Liu, principal representante da Huawei nas instituições da União Europeia, disse à agência de notícias que a Huawei já tinha uma lista restrita de locais para montar a base e que o processo já está em andamento. Em paralelo, a ex-vice-presidente da Comissão Europeia Viviane Reding disse que a medida deve aumentar "naturalmente" a confiança nos equipamentos 5G da Huawei.

04/02/2020 às 08:54
Notícia

Leilão do 5G no Brasil pode acontecer em 2020 - governo publi...

Diretrizes do leilão incluem levar 4G para locais com pelo menos 600 habitantes

Uma base da Huawei na Europa para suportar a tecnologia 5G pode atrair possíveis conflitos com os Estados Unidos. O país do Continente Americano havia pressionado o Reino Unido e outras nações para proibir a atuação da Huawei por questões de "segurança nacional".

De fato, essa não é a primeira vez que os EUA alertam sobre uma possível "espionagem chinesa" por conta de seus produtos. Ainda este mês, o Departamento do Interior dos Estados Unidos, responsável pela administração e conservação de terras pertencentes ao governo federal, declarou que está parando de usar grande parte de sua frota de drones da DJI por precaução. A DJI respondeu que o fundamento é parte de uma "agenda politicamente motivada" para sustentar as empresas americanas.

Na semana passada, a Comissão Europeia publicou uma série de recomendações projetadas para garantir a segurança da infraestrutura 5G no território dos países participantes. Cada país também deve avaliar o fornecimento de equipamentos 5G da rede principal.

Fonte: Mobile World Live
User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Xiaomi não deu indireta pra Huawei, Google é quem força uso de mensagem em caixas

Xiaomi não deu indireta pra Huawei, Google é quem força uso de mensagem em caixas

Especulava-se que inclusão de apps da Google na caixa do Mi 10 era menção ao bloqueio da Huawei


Primeira TV OLED da Huawei terá 65 polegadas, 14 alto-falantes e câmera retrátil

Primeira TV OLED da Huawei terá 65 polegadas, 14 alto-falantes e câmera retrátil

TV deve ser apresentada pela empresa no dia 8 de abril


YouTube removerá vídeos de teoria que relacionam COVID-19 e 5G

YouTube removerá vídeos de teoria que relacionam COVID-19 e 5G

Teorias conspiratórias ganharam força no Reino Unido após celebridades compartilharem vídeos sobre o assunto


Serviço de streaming Huawei Video chega no México, Colômbia e Chile

Serviço de streaming Huawei Video chega no México, Colômbia e Chile

Chegada no Brasil ainda não tem data confirmada


Novo Mi Elegant Mouse Metallic Edition da Xiaomi custa apenas US$ 14

Novo Mi Elegant Mouse Metallic Edition da Xiaomi custa apenas US$ 14

Mouse sem fio foi lançado recentemente na China pelo preço sugerido de 99 yuans