Startup Blix pede que desenvolvedores
Créditos: App Store

Startup Blix pede que desenvolvedores "se revoltem" contra a Apple

Empresa afirma que seu app foi suprimido da App Store e sua ideia foi roubada

A Startup Blix, desenvolvedora do aplicativo BlueMail, está processando a Apple por ter copiado a ideia do App e ter o ocultado nas pesquisas dos usuários na App Store. Em entrevista para o Financial Times, responsáveis pela Blix pediram que "desenvolvedores se revoltem contra a Apple", devido as condições que a empresa colocou a pequena desenvolvedora.

O BlueMail tinha como principal função ocultar o e-mail dos usuários na navegação, dando mais privacidade a eles. A Blix fala que disponibilizou o app em agosto de 2018 para a App Store, tanto para dispositivos iOS como para os Mac. Logo em seguida, em junho de 2019, a própria Apple apresenta a sua versão para realizar a mesma função. O Entre com a Apple também oculta o e-mail do usuário.

26/11/2018 às 12:14
Notícia

Apple está sendo processada por a App Store ser considerada u...

A loja de aplicativos rendeu um lucro de US$11 bilhões para a empresa em 2017

A startup fala ainda que depois que a opção da Apple foi criada, a empresa começou a suprimir o BlueMail das buscas. Assim, caso o usuário pesquisasse pelo serviço em sua loja de aplicativos, a Apple recomendaria apenas a sua versão. Por esse motivo, a Blix está processando a empresa da maçã, por ter se apropriado da ideia "sem permissão, pagamento ou crédito".

Além disso, o BlueMail sumiu da loja do MacOS, aparentemente devido a problemas de segurança. Procurada para esclarecimentos pela Financial Times a Apple declarou que "Tentamos em várias ocasiões ajudar o [Blix] a recuperar seu aplicativo BlueMail na Mac App Store". Dando a entender que a própria Blix não procurou corrigir os problemas e que não seria sua culpa o app não estar disponível.

19/05/2018 às 14:17
Notícia

Grupo de desenvolvedores pede mudanças na App Store em carta ...

O "sindicato" de desenvolvedores busca melhorias na plataforma

Essa não é a primeira vez que a Apple faz algo similar. Ao contrário, a prática é "comum" e tem até um termo específico: "Sherlocking". O nome foi dado depois da empresa ter atualizado o seu serviço de buscas, chamado Sherlock, com funções muito parecidas ao aplicativo Watson, no começo dos anos 2000.

Continua após a publicidade

Devido a isso, a Blix está chamando que os parceiros de profissão fiquem atentos a abusos cometidos pela Apple. O processo judicial aberto pela startup fala que “vários tipos diferentes de concorrentes de aplicativos da Apple tiveram um aumento repentino e inexplicável nos rankings de busca”. O que aconteceu semanas depois de um artigo publicado pela The New York Times ter analisado como era feita a classificação dos apps concorrentes da própria empresa

A Apple não emitiu nenhum comunicado do motivo pela mudança no seu sistema de buscas. Pode sim ter sido apenas um erro de programação, mas as especulações afirmam que o motivo real é mais grave que isso. Não é crime usar uma ideia como base e fazer ela de um modo diferente, ou melhorá-la. O problema é reprimir a concorrência e não dar espaço para outras empresas, principalmente as menores, de também ter a chance de emplacar os seus produtos.

Via: Mac Daily News Fonte: Financial Times
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.