Qual destino das bicicletas compartilhadas Yellow? Entenda para onde elas vão
Créditos: NSC Total

Qual destino das bicicletas compartilhadas Yellow? Entenda para onde elas vão

Com o encerramento do serviço da Grow as bikes vão virar material reciclado e doação

Recentemente a empresa Grow, responsável pelas bicicletas compartilhadas Yellow e os patinetes elétricos Grin, anunciou que vai suspender os serviços na maioria das cidades brasileiras. Um dos principais questionamentos da população era o que aconteceria com as bikes que estavam disponíveis na rua. Um vídeo de Florianópolis foi divulgado mostrando diversas amarelinhas sendo colocadas em um caminhão sem nenhum cuidado.

23/01/2020 às 12:26
Notícia

Empresa Grow de patinetes e bikes está se retirando de divers...

Empresa vai manter apenas o serviço dos patinetes Grin em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba

A Grow vai continuar operando apenas com a Grin em São Paulo e Rio de Janeiro. Todas as bicicletas vão ser recolhidas e o destino delas ainda não era o certo. Depois da divulgação do vídeo mostrando as bikes sendo destruídas, a empresa emitiu uma explicação mais detalhada. Ela explicou que cada Yellow vai ser analisada, as que tiverem em boas condições serão doadas, mas as que não estiverem boas, vão ser mandadas para a reciclagem.

O vídeo mostra justamente as bicicletas que apresentam algum problema, ou seja, as que vão para a reciclagem. Essas vão ser pesadas e prensadas, separando a parte de ferro e a borracha dos pneus. Assim, será possível usar a matéria-prima para outros produtos que utilizam os mesmos materiais. Há ainda um terceiro destino possível: a manutenção. Mas, como o serviço foi suspenso, não está claro se elas vão ser mantidas para um possível retorno, ou se serão consertadas e doadas. 

16/02/2019 às 18:00
Artigo

Patinetes e bicicletas compartilhadas no Brasil, solução ou p...

Entenda como funciona e o que pode mudar com a chegada dessa inovação

Continua após a publicidade

Segundo a avaliação da Grow, essas bicicletas não poderiam ser utilizadas, pois poderia oferecer risco aos usuários. Portanto, nem todas as bikes vão para a reciclagem, apenas as que estiverem em condições muito ruins de uso. As boas vão poder ir para instituições, um exemplo é a Associação Vivendo e Aprendendo, uma escola de educação infantil de Florianópolis, mesma cidade em que o vídeo foi gravado, que recebeu algumas das bicicletas da Yellow. 

As demais cidades brasileiras, que tinham o serviço da Grow, vão ter o mesmo destino que Florianópolis. As bikes podem ir para instituições, reciclagem, ou ficar no estado de manutenção. A Grow não mencionou a possibilidade de venda das bikes. Já os patinetes devem passar pela manutenção e ser alocados nas cidades que ainda vão oferecer o serviço.

Via: NSC Total
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.