Huawei passa Apple e se torna a segunda maior fabricante de smartphones do mundo
Créditos: regeneracion.mx

Huawei passa Apple e se torna a segunda maior fabricante de smartphones do mundo

Em paralelo, a empresa da maçã conquistou uma boa vantagem nas vendas trimestrais de 2019

A Apple tem se mantido como a segunda maior marca de celulares por alguns anos, mas 2019 se mostrou diferente. De acordo com os novos relatórios de algumas das empresas de pesquisa mercadológica mais conhecidas (Canalys, Strategy Analytics e Counterpoint Research), a Hauwei passou a empresa da maçã e conquistou a segunda posição no ranking de participação no mercado de smartphones.

Já sabemos que a Huawei passou por um período bem turbulento no ano passado, principalmente ao lembrarmos da batalha comercial com os Estados Unidos. No entanto, isso não impediu que a empresa crescesse em popularidade: cerca de 240 milhões de telefones foram enviados e sua participação de mercado subiu para 17%. O XDA acrescenta que parte desses números vieram do grande crescimento de popularidade da marca na China, que é o mercado primário da Huawei.

Porém, esses números não significam que a empresa chinesa não sofreu as consequências de seus problemas em 2019. Como a Huawei teve altos impactos em seu mercado ocidental, alguns de seus aparelhos só chegaram em versões orientais - o Mate 30 e o Mate X, por exemplo. Tanto as remessas quanto as vendas globais caíram muito, mas, com o desenvolvimento da seu próprio Sistema Global para Comunicações Móveis (GMS) e sistema operacional, podemos especular que os próximos smartphones da marca chegarão ao ocidente sem tantos problemas e, quem sabe, compensar essas perdas.

 

A Apple, em paralelo, manteve a estratégia de 2018 e teve crescimento constante em 2019, mas não conseguiu alcançar a Huawei nos números ano a ano. Seus embarques totalizaram 197 milhões de unidades e sua participação caiu para 14%, o que a tornou a terceira maior fabricante de smartphones.

Por outro lado, a empresa ainda tem bastante mérito nos relatórios, já que foi a número um durante o quarto trimestre do ano passado. As vendas alcançaram 70 milhões de unidades, enquanto a Samsung e Huawei conseguiram 68 e 56 milhões, respectivamente.  Isso representa 18,9% de todas as vendas de smartphones até o final do ano. 

Continua após a publicidade

Por fim, a Samsung continua sendo a maior fabricante de aparelhos celulares do mundo e a Xiaomi mantém quarta posição do ranking.  Embora a sul coreana e a Huawei ainda liderem em vendas ano a ano, a Apple conseguiu uma boa vantagem no crescimento trimestral. Agora, é acompanhar os lançamentos para saber se as coisas vão continuar assim até o final de 2020. 

Via: XDA Developers
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.