Medicamento criado por Inteligência Artificial será testado em humanos pela primeira vez
Créditos: Nexxto

Medicamento criado por Inteligência Artificial será testado em humanos pela primeira vez

A molécula DSP-1181 será usada no tratamento de transtornos obsessivo-compulsivos (TOC)

Pela primeira vez, uma molécula medicinal feita por uma Inteligência Artificial será testada em humanos. A criação chamada de DSP-1181 será usada de maneira experimental no tratamento de pacientes com transtornos obsessivo-compulsivos (TOC).

Esse remédio foi criado pela start-up britânica Exscientia em parceria com a Sumitomo Dainippon Pharma, companhia farmacêutica japonesa. As empresas usaram algoritmos que vasculharam possíveis compostos e os compararam com um enorme banco de dados de parâmetros.

20/01/2020 às 21:10
Notícia

CEO da Google propõe regular inteligência artificial "de form...

Executivo destacou que a tecnologia sempre possui partes boas e ruins

Esse é um acontecimento que podemos considerar bastante importante na história do Aprendizado de Máquina na medicina, pois o desenvolvimento de medicamentos leva cerca de cinco anos até ele chegar na etapa de testes. Esse mesmo processo para a Inteligência Artificial levou apenas um ano.

"Vimos a IA diagnosticando pacientes e analisando dados e exames, mas esse é um uso direto dela na criação de um novo medicamento." - Andrew Hopkins, chefe executivo da Exscienta.

A DSP-1181 entrará na primeira fase de testes no Japão e, se forem bem-sucedidos, o medicamento passará por mais testes globais. Em paralelo, outros remédios em potencial  para o tratamento de câncer e doenças cardiovasculares já estão em processo de desenvolvimento.

30/01/2020 às 09:36
Notícia

Programa Microsoft AI for Health visa melhorar a saúde de pes...

Programa de cinco anos investirá US$ 40 milhões para capacitar pesquisadores e organizações

Continua após a publicidade

"São necessárias bilhões de decisões para encontrar as moléculas certas e é uma decisão enorme projetar uma droga com precisão,[...]. Este ano foi o primeiro a ter um remédio projetada por Inteligência Artificial, mas até o final da década todos novos medicamentos poderiam ser criados por ela. " - Andrew Hopkins, chefe executivo da Exscienta.

A expectativa é ter outra molécula pronta para testes clínicos até o final deste ano

Via: BBC
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O fim do CANAL do RATO BORRACHUDO e o Dilema das Redes Sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.