DJI diz que cancelamento do uso de drones chineses nos EUA é

DJI diz que cancelamento do uso de drones chineses nos EUA é "agenda política"

Departamento do Interior do país indicou suposto risco de espionagem

O Departamento do Interior dos Estados Unidos, responsável pela administração e conservação de terras pertencentes ao governo federal, está parando de usar grande parte de sua frota de drones. As autoridades do país emitiram uma ordem que proíbe voos de drones feitos na China ou com partes chinesas sob a possibilidade de espionagem.

23/01/2020 às 18:46
Notícia

Veja comparação em vídeo dos drones 8K Autel EVO II vs Mavic ...

Imagens foram feitas por um YouTuber especialista em imagens aéreas

De acordo com a ordem oficial do Departamento, a proibição é "temporária". O uso de drones para treinos ainda está liberado, enquanto "o uso para operações não emergenciais permanecerá travado até que as autoridades revisem a possibilidade de ameaças e assegurem uma política de drones segura, confiável e consistente que avance em nossa missão, mantendo a América segura", de acordo com o Departamento. As operações com drones continuarão sendo permitidas em situações aprovadas para fins de emergência, como combate a incêndios, busca e resgate e operações envolvendo desastres naturais.

"proibição é motivação política que se disfarça de preocupações com segurança cibernética"

A fabricante DJI respondeu à ação do Departamento do Interior dos EUA afirmando que o governo chinês nunca solicitou dados com os drones. Além disso, a empresa permite que as operadoras limitem o acesso aos dados e houve até um trabalho conjunto entre ela e o Departamento do Interior para restringir as transmissões de informações. A DJI ainda alega que o fundamento é parte de uma "agenda politicamente motivada" para sustentar as empresas americanas, e que não há evidências públicas para apoiar as alegações de que a DJI permite espionagem chinesa.

Abaixo, o pronunciamento da DJI na íntegra

"A DJI, líder mundial em drones civis e tecnologia de imagem aérea, está extremamente decepcionada com a ordem de drones do Departamento do Interior dos EUA (DOI) divulgada hoje, que trata inadequadamente o país de origem de uma tecnologia como um teste decisivo para seu desempenho, segurança e confiabilidade. Essa ação fundamentará todo o programa de drones DOI, que depende de drones feitos com componentes de origem global para criar a maior e mais inovadora frota civil de drones civis do governo federal. Essa decisão deixa claro que as preocupações do governo dos EUA sobre os drones DJI, que compõem uma pequena parte da frota do DOI, têm pouco a ver com segurança e fazem parte de uma agenda politicamente motivada para reduzir a concorrência no mercado e apoiar a tecnologia de drones produzida no país, independentemente de seus méritos.

A DJI fabrica algumas das plataformas de drones mais seguras e confiáveis ??do setor para operadores comerciais. A segurança de nossos produtos projetados especificamente para o DOI e outras agências do governo dos EUA foi testada e validada independentemente por consultores de segurança cibernética dos EUA e agências federais dos EUA, incluindo o Departamento do Interior e o Departamento de Segurança Interna, o que prova que a decisão de hoje não tem nada a ver com segurança.

Nos opomos às restrições ao país de origem com motivação política que se disfarçam de preocupações com segurança cibernética e pedimos que os formuladores de políticas e as partes interessadas do setor criem padrões claros que darão aos operadores comerciais e governamentais de drones a garantia de que precisam para avaliar com confiança a tecnologia dos drones com base no mérito do desempenho, segurança e confiabilidade, não importa onde seja feita."

Continua após a publicidade

 

Via: DJI Fonte: Engadget
User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.