Tesla aumentou produção de carros em 40% em 2019
Créditos: CC0/Pixabay

Tesla aumentou produção de carros em 40% em 2019

Empresa registrou mais vendas em 2019 que nos dois anos anteriores juntos

A situação da Tesla melhorou muito em 2019, com a empresa atingindo recentemente mais de US$ 100 bilhões em valor de mercado e se tornando a segunda fabricante de automóveis mais valiosa do mundo. Agora novas estatísticas foram divulgadas revelando como a Tesla conseguiu assumir o segundo lugar, superando a fabricante alemã de automóveis Volkswagen.

28/01/2020 às 17:15
Notícia

Tesla atinge valor de US$102 bilhões e se torna segunda maior...

Valor da empresa já é $14 bilhões maior do que 20 dias atrás

De acordo com o site Learn Bonds, a Tesla teve um aumento de 40% na produção de carros em 2019 em comparação com 2018. Os dados fornecidos pelo site indicam que a Tesla vendeu 367.200 veículos em todo o mundo em 2019. Este é um aumento e tanto em relação aos 244.920 veículos vendidos em 2018.

Desde 2016 a Tesla vem experimentando um aumento exponencial nas vendas de veículos para novos clientes. Ao longo de 2019, a Tesla vendeu mais veículos do que em 2017 (103.020) e em 2018 (244.920) combinados.

O maior número de vendas de carros foi registrado no último trimestre de 2019, com 112 mil veículos - um aumento de 13,3% em relação ao terceiro trimestre, que teve 97 mil carros vendidos. No segundo trimestre, a Tesla vendeu 95.200 carros. Este foi um aumento significativo de 33,8% em relação ao primeiro trimestre, que registrou 63 mil carros vendidos.

Tesla aumentou produção de carros em 40% em 2019

Tesla aumentou produção de carros em 40% em 2019

O aumento na demanda por carros da Tesla pode ser atribuído em parte à popularidade do Model 3. No quarto trimestre de 2017 foram vendidas apenas 1.550 unidades do Tesla Model 3. No último trimestre de 2018, as vendas aumentaram 97,5% e chegaram a 63.150 unidades deste modelo. A crescente demanda pelo Model 3 continuou no último trimestre de 2019, onde foram vendidas 92.550 unidades do veículo.

Por outro lado, as vendas dos veículos Tesla Model X/S vêm caindo desde 2017. No quarto trimestre de 2019, a Tesla só conseguiu vender 19.450 unidades dos veículos Model X/S.

Tesla aumentou produção de carros em 40% em 2019

Em comparação com os carros e SVUs mais vendidos nos Estados Unidos em 2019, o Tesla Model 3 ocupou a 19ª posição com 161.000 unidades vendidas. O Toyota Rav 4 foi o veículo mais vendido no país com 448.068 unidades.

Outros modelos que superaram a Tesla em vendas nos Estados Unidos incluem o Honda CRV (384.168), Nissan Rogue (350.447), Chevrolet Equinox (346.049), Toyota Camry (336.978, Honda Civic (325.650), Toyota Corolla (304.850), Honda Accord (267.567), Jeep Grand Cherokee (242.969) e Toyota Highlander (239.437).

Tesla aumentou produção de carros em 40% em 2019
 

Fonte: TweakTown, Learn Bonds
User img

Fabio Rosolen

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Em vídeo, Tesla mostra como constrói respiradores usando partes de seus carros

Em vídeo, Tesla mostra como constrói respiradores usando partes de seus carros

Empresa se junta a outras montadoras para suprir a alta demanda em função da covid-19


Vídeo mostra carro da Tesla detectando sinal vermelho e parando sozinho

Vídeo mostra carro da Tesla detectando sinal vermelho e parando sozinho

Função Autopilot dos carros dá mais um passo na direção certa


SUV Elétrico Tesla Model Y chega ao Brasil em abril por R$450 mil

SUV Elétrico Tesla Model Y chega ao Brasil em abril por R$450 mil

O carro 100% elétrico atinge de 0 a 100km/h em 3,7 segundos


Serviço de internet global Starlink tem latência inferior a 20ms e será rápido o bastante para jogos

Serviço de internet global Starlink tem latência inferior a 20ms e será rápido o bastante para jogos

É o que diz Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX


Ações da Tesla despencam com queda nos preços do petróleo

Ações da Tesla despencam com queda nos preços do petróleo

Empresa perdeu US$3,1 bilhões em valor de mercado com a expectativa por diminuição no preço de combustível