Tinder trabalha em botão para ser usado em situações de emergência
Créditos: Alamy

Tinder trabalha em botão para ser usado em situações de emergência

Botão pode enviar serviços de emergência direto para sua localização

O Tinder está tomando mais medidas para reforçar a segurança do usuário, lançando recursos que dão a opção de receber check-ins, tocar um alarme de pânico e até mesmo chamar as autoridades para a sua localização.

05/09/2019 às 18:26
Notícia

Dating: Tinder do Facebook agora tem integração com o Instagram

Aplicativo de paquera chegou nos Estados Unidos apenas agora

Sua proprietária, a empresa Match, tem uma participação em um aplicativo de rastreamento de localização e segurança pessoal chamado Noonlight e planeja testar os recursos nos Estados Unidos a partir do final de janeiro.

Se acontecer alguma coisa durante um encontro, o usuário poderá disparar um alarme através da ferramenta Noonight dentro do aplicativo Tinder. Ele será instruído a digitar um código. Se não o fizer, o usuário receberá uma mensagem de um dos representantes do Noonlight. Se ele não responder a essa mensagem, o representante tentará ligar para o telefone do usuário, e se não houver resposta, ou o se usuário confirmar que precisa de ajuda, o Noonlight entrará em contato com a polícia.

Para usar o recurso, é necessário que o usuário tenha optado por compartilhar seus dados de localização em tempo real com o aplicativo.

Para usar o recurso, é necessário que o usuário tenha optado por compartilhar seus dados de localização em tempo real com o aplicativo. A Match diz que essas informações não serão usadas para marketing ou para qualquer outra coisa, nem as informações serão compartilhadas com a própria Match - tudo ficará a cargo do Noonlight.

Os usuários que optarem pelo recurso também poderão exibir um indicador em seus perfis no Tinder, o que — espera a empresa — funcionará como um impedimento para qualquer pessoa mal-intencionada na plataforma.

Claro, sempre existe a possibilidade de que um alarme possa ser acionado por acidente durante um encontro que está indo bem, mas a empresa diz que é um risco que ela está disposta a correr.

Continua após a publicidade

O novo recurso chega depois de uma série de outros com foco na segurança. No ano passado, a plataforma lançou um sistema de alerta de viajante para ajudar a proteger os usuários LGBTQ em países que discriminam e em 2018 lançou uma função "mulheres falam primeiro".

Tinder trabalha em botão para ser usado em situações de emergência

No entanto, quando se trata de segurança de dados dentro do próprio aplicativo, sua reputação não é tão sólida. Uma grande falha de segurança em 2018 concedeu acesso à conta com apenas um número de telefone e no mesmo ano surgiram informações de que as fotos dos usuários não estavam sendo criptografadas. Mais recentemente, um estudo mostrou que o Tinder — juntamente com vários outros aplicativos de namoro — não estava tratando os dados confidenciais de clientes com o devido cuidado.

O recurso Noonlight será gratuito para usuários nos Estados Unidos a partir do final de janeiro, com o Match Group planejando implantá-lo para seus outros aplicativos de namoro nos próximos meses.

Fonte: Engadget
User img

Fabio Rosolen

Estamos com a MI BAND 5! Veja o que a PULSEIRA INTELIGENTE da XIAOMI pode fazer

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.