CEO da Google propõe regular inteligência artificial
Créditos: Bloomberg

CEO da Google propõe regular inteligência artificial "de forma sensata"

Executivo destacou que a tecnologia sempre possui partes boas e ruins

O CEO da Google, Sundar Pichai, sugeriu que a inteligência artificial (IA) deve ser regularizada, mas de forma sensata. Segundo o executivo, a tecnologia traz benefícios, mas também tem seu lado ruim com "consequências negativas". O discurso de Pichai aconteceu durante um evento em Bruxelas, na Europa. 

O contexto é que alguns governos e seus legisladores pretendem limitar o uso da IA, já que em alguns casos a tecnologia pode representar perigo à segurança de dados. Mas o Chefe-executivo defende que é necessário ponderar as ações limitadoras, fazendo isso de forma consciente. "[...] A questão é a melhor maneira de regulamentar isso", disse Pichai. 

"A regulamentação sensata também deve adotar uma abordagem proporcional, equilibrando possíveis danos com oportunidades sociais."
- Sundar Pichai, Chefe-executivo da Google

19/01/2020 às 09:47
Notícia

Google cria inteligência artificial capaz de ler e entender l...

Novo modelo de IA utiliza muito menos espaço de armazenamento e também é mais eficiente

Ele também defende que os governos devem prestar suporte a esse setor e que, à medida que a União Europeia e os Estados Unidos começarem a criar suas próprias regras para a limitação, eventualmente ocorrerá um "alinhamento internacional". Apesar da discussão, o executivo da Google não apresentou um plano de regulamentação.

Os comentários de Pichai levam à especulação de que talvez a Google possa se opor a uma possível repressão do uso da IA pela União Europeia. Caso uma limitação radical do uso da tecnologia aconteça, grandes empresas do Vale do Silício podem questionar e se recusar a seguir as regras agressivas. 

A última grande revelação na indústria da tecnologia envolvendo IA foi a apresentação dos "humanos artificiais" da Samsung.Os indivíduos criados através de inteligência artificial foram feitos pelo Star Labs (comprado pela Samsung) e, segundo a empresa, podem falar e sentir como qualquer pessoa real. É fato que a evolução da inteligência artificial está avançando cada vez mais com o passar dos anos. Ela serve para tornar os dispositivos e softwares mais inteligentes e úteis, mas algumas vezes elas podem ser usadas com objetivos muito além do benefício coletivo. 

Via: UOL Fonte: Bloomberg
User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Google solicita isenção ao governo dos EUA para trabalhar com Huawei

Google solicita isenção ao governo dos EUA para trabalhar com Huawei

Microsoft é uma das empresas que já recebeu autorização


Google pede para usuários trocarem o novo navegador Microsoft Edge pelo Chrome

Google pede para usuários trocarem o novo navegador Microsoft Edge pelo Chrome

Microsoft Edge baseado no Chromium foi lançado em janeiro deste ano


Google pede que usuários não instalem seus aplicativos em novos aparelhos da Huawei

Google pede que usuários não instalem seus aplicativos em novos aparelhos da Huawei

Novos dispositivos da empresa chinesa não foram certificados pelo Google


Preview do Android 11 possibilitará limitar acesso de apps a informações pessoais

Preview do Android 11 possibilitará limitar acesso de apps a informações pessoais

Nova opção permitirá que aplicativos acessem dados sensíveis apenas uma vez


Youtube Music agora aceita fazer upload de músicas para biblioteca pessoal

Youtube Music agora aceita fazer upload de músicas para biblioteca pessoal

Veja como usar a novidade no computador