CEO do Twitter afirma que plataforma nunca terá o desejado botão de editar tweets
Créditos: iconfinder | Tecmundo

CEO do Twitter afirma que plataforma nunca terá o desejado botão de editar tweets

Os responsáveis pela rede social querem manter a lógica de mensagem de texto tradicional

Um desejo de todo usuário do Twitter é poder editar suas publicações quando deixam passar algum erro de ortografia, não era bem aquilo que a pessoa estava querendo dizer, etc. Porém, para a infelicidade desse público, o CEO e co-fundador da plataforma, Jack Dorsey, afirmou que essa funcionalidade pode nunca chegar.

Em uma brincadeira rápida de Perguntas e Respostas (Q&A) com a Wired, Dorsey respondeu alguns tweets com perguntas bastante frequentes. Entre elas, estava a possibilidade do botão de editar aparecer na rede social em 2020 - que o CEO respondeu com um direto "Não". Você pode conferir o trecho nos 3:00min do vídeo abaixo:

A justificativa apresentada por Dorsey se resume a manter a lógica utilizada para criar o Twitter, mesmo que a tecnologia tenha avançado. Para aqueles que não sabem, a plataforma surgiu como um serviço de mensagens de texto tradicionais.

"Quando você manda uma mensagem, você não pode voltar atrás. Nós queremos preservar esse sentimento mesmo agora." - Jack Dorsey, CEO e co-fundador do Twitter.

Além disso, o co-fundador da rede social dá outro exemplo interessante: alguém retweeta uma mensagem e, pouco tempo depois, o dono da publicação edita o conteúdo para algo totalmente diferente. Dessa forma, a mensagem previamente retweetada não é mais a mesma e pode não ser o que aquela pessoa inicial do exemplo queria compartilhar. Nessa bagunça, Jack diz que os responsáveis pelo Twitter levam isso em consideração. 

09/01/2020 às 16:31
Notícia

Twitter permitirá que os usuários limitem quem pode ou não re...

Os novos controles estarão disponíveis ainda em 2020.

No entanto, não é como se uma solução para pequenas coisas não tivesse sido pensada. A possibilidade mencionada na entrevista era oferecer uma "tela de edição" por 30 segundos ou um minuto. Mas, isso também resultaria em um atraso na entrega desses tweets ao feed, o que distorce um pouco a ideia original do Twitter.

De toda forma, Jack Dorsey encerra esse assunto com uma rápida e tranquila afirmação: "Nós provavelmente nunca faremos isso". Parece que, então, continuamos tendo duas opções:

Continua após a publicidade

1) Revisar cada tweet para não deixar escapar nenhum erro; ou

2) Apagar rapidinho e acreditar que ninguém recebeu aquela publicação. 

Fonte: Wired
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.